Quarta linhagem do jipão terá carroceria de alumínio e motor 2.0 turbo com 300 cv

Embora a FCA ainda não tenha confirmado, a imprensa dos Estados Unidos já aponta o mês de novembro como a a data definida pela Jeep para iniciar a produção da nova geração do Wrangler. O modelo terá montagem concentrada na fábrica de Toledo, em Ohio, e deve começar a ser efetivamente comercializado nos primeiros meses de 2018.

Leia também:

Responsável atualmente pela produção do Cherokee (cuja montagem será transferida para Illinois), a unidade fabril recebeu investimentos recentemente e passará por uma série de modernizações para receber a novidade. Conforme apontam especulações, o novo Wrangler terá carroceria confeccionada em alumínio e o novo metal exige da planta tecnologias mais avançadas de fabricação.

Outra grande novidade da quarta geração do jipão será a adoção de um novo motor 2.0 turbo a gasolina. Batizado de "Hurricane", o propulsor renderá cerca de 300 cv e contará com injeção direta, bloco de alumínio e comando de válvulas variável. Virá sempre associado a um câmbio automático de 8 marchas e terá a missão de substituir o conjunto formado pelo atual 3.6 V6 Pentastar de 285 cv e a transmissão de 5 marchas.

 

2018 Jeep Wrangler Unlimited rendering

 

Além das tradicionais carrocerias Sport e Unlimited, será acrescentada à família uma inédita variante picape. Já flagrada em testes, ela terá cabine dupla e visual fiel às formas do irmão SUV. Será a primeira investida da Jeep no segmento depois da Comanche e do conceito Gladiator. 

Por sua vez, a atual geração deve se despedir do mercado por volta de junho de 2018, depois de mais de 10 anos à venda e alguns meses de convivência com a nova linhagem. 

Fotos: JLWranglerForums.com

 

Seja parte de algo grande