Conceito criado para a CES (Consumer Electronics Show) é uma minivan elétrica quase totalmente autônoma que tem reconhecimento facial

Um motorista de táxi amigo te conhece pelo nome e sabe exatamente o caminho que você gosta de fazer para voltar para casa ou ir ao trabalho. Deve ter sido em uma figura dessas que a FCA se inspirou para criar o Chrysler Portal Concept, uma minivan elétrica e quase totalmente autônoma que tem no reconhecimento facial a sua grande sacada. O modelo será a estrela da marca na CES (Consumer Electronics Show), em Las Vegas, uma feira que vem rivalizando com o Salão de Detroit em novidades.

Leia também:

Centrado no celular do usuário, o conceito se conecta automaticamente não apenas com o do motorista, mas com o de cada ocupante do veículo. O reconhecimento facial também não é exclusividade de quem dirige. Qualquer um que entrar no Portal Concept poderá ter suas preferências registradas. Não apenas de temperatura (tanto de ar-condicionado quanto dos bancos, aquecidos ou refrigerados), mas também de música, iluminação e ajuste de bancos. Mesmo que este passageiro nunca se sente no mesmo lugar: é indiferente.

 

Chrysler Portal Concept

 

Um sistema de reconhecimento de voz dá aos ocupantes acesso às diversas regulagens e comandos do modelo, que também conta com os tradicionais. O software reconhece não apenas os comandos de voz, mas também quem está dando as ordens, para evitar uma disputa de poder interna que pudesse resultar em gritaria. Até dentro de um carro tem de haver hierarquia... O Portal Concept tem zonas individuais de som, o que permite que cada passageiro ouça o que quiser sem incomodar os demais e sem a necessidade de fones de ouvido.

 

 

Chrysler Portal Concept

 

Por meio de uma estação de conexão, o Portal Concept oferece a possibilidade de ter um centro de troca de mensagens, imagens e vídeos para os ocupantes. Basta colocar ali um tablet ou mesmo um celular para que todo mundo dentro do carro possa ver as mesmas coisas. Mas o que este modelo elétrico tem de mais interessante é a autonomia de nível 3.

Existem hoje 5 níveis de autonomia definidos. O nível 1 tem o carro controlando algumas poucas coisas, como aceleração ou esterço em situações específicas, como os assistentes de estacionamento ou controladores de velocidade inteligentes, enquanto o nível 5 é plenamente autônomo. Inclusive em trilhas, por exemplo. O Autopilot do Tesla Model S, por exemplo, é nível 2, o que significa que o carro pode se conduzir, mas a assistência do motorista é sempre necessária.

 

Chrysler Portal Concept

 

No caso do Chrysler Portal Concept, há funções em que o motorista pode simplesmente se esquecer de monitorar o veículo. Há quem diga que o certo é pular do nível 2 para o nível 4, já que ou o motorista acompanha tudo ou não acompanha nada. Mas o conceito da FCA é exatamente isso: uma ideia. E pode nunca chegar às ruas como está.

Leia também:

Para ser "quase autônomo", o Portal Concept usa tecnologias V2X, ou que permitem comunicação do veículo com outros veículos, com a infraestrutura, com a internet e tudo que puder fornecer informações relevantes para uma condução segura. Um exemplo dado pela marca é que, se uma ambulância estiver se aproximando, mas não estiver ainda no campo visual dos ocupantes do Portal Concept, ele será avisado e facitará o caminho do veículo de emergência.

Fotos: divulgação

Seja parte de algo grande

Chrysler Portal Concept