Episódios do tipo acontecem no país desde a década de 1990 e preocupam pelos riscos; ao menos 454 pessoas foram detidas

A França acordou das festividades do Ano Novo com quase 1.000 carros incendiados pelo país. Conforme relata o jornal The Telegraph, aproximadamente 945 automóveis foram total ou parcialmente queimados em várias cidades francesas, incluindo a costeira Nice, alvo recente de ataques terroristas.

Episódios semelhantes acontecem desde a década de 1990 e são atribuídos especialmente à jovens insatisfeitos, boa parte deles moradores de bairros pobres. A ação neste ano teve proporções maiores que registros anteriores e chama a atenção pelo fato de a França estar em estado de emergência. Ao todo, 454 pessoas foram detidas.

Leia também:

Em nota, o governo francês declarou que as celebrações aconteceram "sem qualquer incidente grave" e com apenas "alguns problemas com a ordem pública". Por outro lado, a Frente Direita Nacional, que faz ferrenha oposição, acusou as autoridades de "falhas nebulosas" no esquema de segurança. Mais de 90 mil homens fizeram a segurança da população durante a virada.

Foto: Gerard Bottino / Shutterstock.com

 

Seja parte de algo grande