Planos da Ford brasileira não incluem a nova geração do hatch; Ka e Focus são prioridade

Se você curtiu a nova geração do Fiesta, já mostrada na Europa, não se anime muito. Maior e mais refinado, o modelo não está nos planos da Ford brasileira, ao menos não no curto prazo. Pelo que apurou nossa reportagem, o problema é que o novo hatch se aproximaria muito do atual Focus em preço, tornando a disputa caseira maléfica para a empresa. 

 

2017 Ford Fiesta

 

A prioridade, portanto, será a atualização do Focus, que tem nova geração prevista para 2018. Quando ele chegar ao Brasil, o que não deverá ser muito depois da Europa, daí sim haverá espaço para (talvez) trazer o novo Fiesta. Até lá, o atual Fiesta deverá receber uma leve reestilização para se manter competitivo. A produção em São Bernardo do Campo (SP) será mantida, mas em baixo volume.

Leia também:

Quem vai crescer com isso é o Ka. Mais barato e mais espaçoso que o Fiesta, o caçula da Ford recebeu o sinal verde para ganhar novas versões e aumentar a família. A primeira novidade virá em breve com a versão Trail, mostrada no Salão do Automóvel do ano passado. Depois, o Ka enfim vai ganhar câmbio automatizado - o que deverá trazer para ele também o motor 1.6 para acompanhar a transmissão Powershift de dupla embreagem.

 

Salão do Automóvel: Sem novo EcoSport, Ford vai de Ka Trail

 

Assim, a Ford voltará a concentrar seus esforços na fábrica de Camaçari (BA), que além do Ka (e suas novas versões) produzirá também o EcoSport reestilizado ainda neste primeiro trimestre. 

Fotos: Donizetti Castilho/divulgação

 

Seja parte de algo grande