"É inevitável", disse chefe da marca

BMW M elétrico? Sim, até mesmo a divisão de esportivos da marca bávara está estudando implementar versões híbridas e elétricas em sua linha. Mas como a Mercedes-AMG, o foco não será necessariamente ambiental, mas sim aproveitar as vantagens do torque e potência imediatos para melhorar o desempenho.

Em entrevista para o Auto Express, Frank Van Meel, chefe da divisão M, disse ser "inevitável" que os carros 100% elétricos cheguem para a sua linha, mas há muito o que acontecer antes. Propulsores híbridos estarão disponíveis para melhorar os números de desempenho dos esportivos, seja somando forças em acelerações ou controlando um dos eixos para sistemas integrais de tração. A Subaru também já falou sobre sistemas híbridos na próxima geração do WRX e STI. 

"Isso irá acontecer, mas a questão é quando. Ainda temos muito o que fazer na parte de elétricos, o que torna difícil encaixá-la na divisão esportiva" - Frank Van Meel

Van Meel diz que está "de olho" na divisão i, que hoje faz o i3 e i8, e seus avanços, mas ambas são bem distantes. De um lado, a i se preocupa com o meio ambiente. Do outro, a M quer mais desempenho. 

Foto: Rafael Munhoz

Seja parte de algo grande