Um sedã e um SUV já são esperados, enquanto o terceiro segue como mistério

Com um plano de investimentos de 1 milhão de euros dedicados especialmente a renovação de sua linha de compactos, a Mercedes-Benz espera ampliar a oferta de seu portfólio. A ideia é passar dos atuais cinco para oito carros "pequenos" até 2020. Um deles será o novo Classe A Sedan, maior e mais espaçoso que o CLA, enquanto o segundo é chamado inicialmente de GLB, ou seja, um SUV para ficar entre os atuais GLA e GLC. Já o terceiro modelo segue como mistério.

Citando fontes de alto escalão, a publicação britânica Autocar afirma que o Classe A Sedan será a resposta da Mercedes ao Audi A3 Sedan e ao BMW Série 1 Sedan - este último vendido somente na China hoje em dia, mas cotado para o Brasil. Espera-se que a primeira aparição deste modelo seja no próximo Salão de Xangai, no final de abril. Uma versão com entreeixos longo é considerada, mas apenas para o mercado chinês. 

Já o GLB deverá ser oferecido em versões de 5 e 7 lugares, sendo uma opção mais familiar ao GLA, como se espera de um derivado da minivan Classe B. Por fim, o terceiro novo membro da família pode ser um compacto abaixo do Classe A, que brigaria com o Audi A1 - conforme mostra a projeção no abre da reportagem. Mas, como dissemos, este projeto ainda é mantido sob sigilo.

Fonte: Mercedes-Benz via Autocar

Seja parte de algo grande