Segunda geração do compacto estreia no ano que vem com porte superior e novos recursos

À venda há pelo menos sete anos, o Audi A1 atual finamente caminha rumo à aposentadoria. Conforme relata a revista britânica Autocar, a segunda geração do compacto de entrada já está em fase avançada de desenvolvimento e deve estrear publicamente no ano que vem.

Construído sobre a plataforma MQB A0 (a mesma que servirá aos próximos VW Polo e Gol), o A1 2018 será maior e mais refinado que o modelo de hoje. Saem de cena os atuais 3,97 metros de comprimento e 2,46 m de entre-eixos para entrar em campo um carro com medidas mais generosas e, consequente, mais espaço interno.

Outra novidade diz respeito à oferta de versões. Segundo a publicação, há grandes chances de a carroceria de duas portas ser descontinuada e apenas o modelo Sportback seguir em produção. Pouco procurado no Brasil, este "estilo de corpo" está caindo em desuso também na Europa - já foi abandonado pelo Renault Clio, pelo novo Ford Fiesta e muitos outros.

O Virtual Cockpit, presente em vários outros carros da marca, finalmente chegará ao A1. Com tela de 12,3", agrega diversas novas funções ao quadro de instrumentos, com elementos completamente digitais. Sob o capô, serão mantidos, com reformulações, os motores atuais.

Leia também:

Fotos: Automedia

Seja parte de algo grande