Enquanto o homem contava com a tecnologia, o Model S só queria serviço de internet decente

Nem mesmo com as novas tecnologias escapamos de ficar trancados para fora do carro, sem a chave nas mãos. Foi o que aconteceu com Ryan Negri, um americano proprietário de um Tesla Model S que confiou demais nos avanços modernos. 

O Tesla dispensa a chave física para quem quiser rodar apenas com o aplicativo de smartphones para travar, destravar e ligar o carro. Foi a opção de Ryan até um fatídico dia em que ele e sua esposa, Amy, foram passear em uma área montanhosa em Nevada, não longe de casa, para uma sessão de fotos. 

Acontece que o Tesla exige uma conexão com a internet para validar os comandos do aplicativo. E, em uma região montanhosa, não há qualquer chance de ter sinal do celular e muito menos 3G ou 4G. Ou seja, em uma versão moderna do "esqueci a chave dentro do carro", Ryan estava preso fora de seu Tesla. A solução veio de Amy, que caminhou mais de 3 km em busca de um lugar com sinal no telefone para, então, ligar para uma amiga que levou a chave do Tesla - que estava na casa do casal - até onde eles estavam.

A história foi retratada no Instagram de Ryan:

 

E Ryan a arremata assim: "Depois de 2 milhas, ela (mulher dele) conseguiu sinal e ligou para uma amiga para conseguir uma carona até nossa casa para pegar a chave. A mesma chave que sempre estará comigo (agora) quando eu dirigir aquele carro". Começa a surgir uma nova fobia: de tecnologia. Ou de perder o sinal do celular...

Fotos: divulgação/Ryan Negri

Seja parte de algo grande