As vendas mundias fecharam em alta e a marca espera mais com novo modelo de baixa cilindrada

A BMW Motorrad entra em 2017 comemorando os bons resultados do ano anterior. No mundo, a divisão de motos da marca bávara registrou uma alta de 5,9%, indo de 136.963 para 145.032 unidades vendidas em diversos mercados. 

"Nos últimos seis anos, a BMW Motorrad aumentou as suas entregas a clientes em cerca de 50%. Estamos no caminho para alcançar nosso objetivo de vendas planejado de 200.000 motos em 2020", diz Stephan Schaller, presidente da BMW Motorrad

No mundo, o maior mercado da BMW Motorrad continua sendo a Alemanha, com 24.894 unidades. França, Itália, Espanha e Reino Unido registraram as maiores altas, assim como os mercados da China, Japão e Tailândia continuam sendo forte apostas. A linha R 1200 GS é a mais vendida, seguida pela linha S (que inclui a naked R, a esportiva RR e a sport tourer XR). 

 

BMW S1000 XR chega em setembro por estimados R$ 65 mil

 

A grande aposta da BMW para 2017 está na G310 R, a primeira moto da marca de baixa cilindrada e com preço mais acessível. A marca confirma o lançamento para os Estados Unidos e Europa no segundo semestre, devendo chegar logo depois ao Brasil, com fabricação na nova unidade da marca em Manaus (AM). 

Com a estreia da BMW Motorrad num segmento até então inexplorado pela marca, das motos compactas (que além da naked G 310R terá a trail GS 310), a empresa espera em 2017 registrar um resultado ainda mais positivo do que em 2016. 

Leia também:

 

Seja parte de algo grande

BMW G 310 R 2017