Após festa da aposentadoria, filha de fundador do time diz ter ficado apreensiva ao ligar para brasileiro novamente

Vice-diretora da equipe Williams, Claire Williams disse que se sentiu mal ao pedir para que Felipe Massa continuasse com a equipe para 2017 após a despedida emocionante do brasileiro na temporada de 2016.

"Felipe tinha anunciado sua aposentadoria, e nós fizemos uma festa em torno dela. Só que aí nós o telefonamos depois de tudo e dissemos: ‘Você se importaria de sair da aposentadoria?’, Você se sente completamente mal com isso", disse Williams à Sky Sports News. "Mas eu nunca ouvi alguém tão feliz e animado, então foi um grande alívio para nós."

Claire está confiante de que Massa ainda pode fazer um bom trabalho para a equipe e insiste que sua motivação está intacta. "Nós nunca vamos colocar um piloto no carro que não acreditamos que possa andar bem. Como todos viram, mesmo em sua última corrida no ano passado, ele se entregou para esta equipe. Ele não perdeu a motivação, e sei que há muita conversa do tipo: 'Deixe o cara se aposentar, deixe-o em paz'. Ele quer voltar. Realmente não percebi que eu não queria que ele aposentasse. Acho que o Felipe vai fazer um bom trabalho neste ano."

Ainda na mesma entrevista, Williams fez uma observação de que esta temporada de bônus significará que Massa não está sob a pressão, dando a entender que já aceitou que parará ao fim deste ano. "Ele tem um ano para se divertir um pouco e sem pressão. Ele pode simplesmente sair e andar bem, sem se preocupar com mais nada. Então, estou ansiosa para ver o que ele pode fazer. Espero que essa dupla com Lance (Stroll) vá funcionar muito bem para nós." 

Seja parte de algo grande

Williams se sentiu mal de chamar Massa de volta