Presidente promete simplificar burocracia para construção de novas fábricas nos EUA

Recém-empossado presidente dos Estados Unidos, Donald Trump reuniu os chefões das três principais montadoras do país (GM, Ford e FCA) para anunciar seus planos para o setor automobilístico. Na conversa, o mandatário externou aos CEOs Mary Barra, Mark Fields e Sergio Marchionne que, entre outros projetos, pretende conceder "grandes incentivos" para ampliação e construção de novas fábricas no país.

"Vamos dar um grande incentivo para ter novas fábricas de veículos e de outros setores", disse Trump. "Quero novas fábricas aqui para carros vendidos aqui", completou. Os planos do presidente incluem facilitação tributária e burocrática, e mudanças na lei de obtenção de licenças ambientais (que, segundo ele, "está fora de controle" por conta da rigidez).

As ações corroboram com promessas de campanha de Trump no tocante à geração de empregos nos EUA. O presidente é crítico de marcas que importam veículos sem pagar impostos, especialmente as que produzem no México e exportam graças ao NAFTA (acordo que ele promete renegociar).

Leia também:

Fotos: divulgação 

Seja parte de algo grande

Sergio Marchionne vs Donald Trump