Por favor, note que nossa(o) Política de Privacidade mudou. Ao continuar a usar este site, você confirma que leu e concordou com os termos do Política de Privacidade atualizados. Aceitar
Honda e GM se unem para fabricar pilhas a combustível

Honda e GM se unem para fabricar pilhas a combustível

Tecnologia será aplicada nos modelos futuros de ambas as marcas

A Honda, uma das empresas de vanguarda entre os fabricantes de automóveis que desenvolvem tecnologia de pilhas a combustível de hidrogênio, e a gigante General Motors anunciaram uma parceria para ampliar ainda mais essas inovações. O investimento de US$ 85 milhões (R$ 266 milhões) vai dar origem a uma joint venture que fabricará as tais pilhas em Michigan. Os componentes serão aplicados nos futuros veículos de ambas as empresas.

 

2017 Honda Clarity FCV

 

Chamado de Fuel Cell System Manufacturing, LLC (FCSM), o negócio vai utilizar como base a fábrica de baterias da GM em Brownstown, Michigan, e começará a construir pilhas a combustível em 2020. As montadoras estimam que a nova empresa empregará cerca de 100 pessoas.

"A combinação de dois líderes em inovação em pilhas a combustível é um desenvolvimento empolgante na aproximação delas ao grande mercado das aplicações de propulsão", disse Mark Reuss, chefe de desenvolvimento de produtos da GM, ao anunciar a joint-venture. "A eventual implantação desta tecnologia nos veículos de passageiros criará opções de transporte mais diferenciadas e ambientalmente amigáveis para os consumidores".

 

Chevrolet Colorado ZH2 Hydrogen Pickup

 

As duas fabricantes estão se associando no desenvolvimento de pilhas a combustível desde um acordo de intenções que teve início em 2013. No entanto, a Honda foi mais rápida em trazer a tecnologia verde para o mercado. A empresa japonesa lançou o FCX alimentado a hidrogênio em 2002 e o substituiu pelo FCX Clarity em 2008. Uma novo Clarity acabou de chegar ao mercado nos Estados Unidos, mas ainda não está à venda. O primeiro modelo com pilhas a combustível realmente à venda para consumidores comuns é o Toyota Mirai. 

Leia também:

Enquanto isso, a GM tem feito testes com pilhas a combustível de hidrogênio com as Forças Armadas dos EUA. Por exemplo, criando um drone submarino FCEV para ser avaliado pela Marinha, e também desenvolvendo uma picape Colorado a hidrogênio para ser testada pelo Exército. A marca havia indicado que um veículo de pilha a combustível para o consumidor final deve ficar pronto por volta de 2020.

Fonte: General Motors, Honda

Fotos: divulgação

 

Seja parte de algo grande

Honda Clarity FCV

Encontre um veículo

Encontre um veículo

Sobre este artigo

Categoria
Tags
Brasil
Nossas edições internacionais