Designer malaio tirou sua página do ar e também seu perfil no Facebok. E a razão é um bocado desagradável...

Se você é fã de carros, como nós, certamente já viu por aí (ou aqui no site) alguma projeção de Theophilus Chin. O designer malaio imaginava carros que estavam por ser lançados ou que apenas seria legal ver pelas ruas algum dia, ainda que não tivessem a menor chance de chegar à produção. De uns dias para cá, seu site saiu do ar. E sua página no Facebook, onde ele também postava suas projeções, não está mais disponível. O que teria acontecido para Chin sumir do mapa deste jeito? Perguntamos ao designer e a resposta não é nada agradável.

Leia também:

Para o Motor1.com, Chin disse apenas que tirou o site e a página do Facebook do ar. "Tive uns retornos bem desagradáveis de algumas projeções que fiz e isso me deixou tanto irritado quanto triste. Por conta disso, vou me retirar do mundo das projeções indefinidamente".

O designer criava suas projeções como um hobby e eventualmente fazia algo para vender, sob encomenda de alguma revista ou site. Nós sempre usamos suas projeções sem custo, na base da camaradagem.

 

VW Arteon Shooting Brake - Theophilus Chin

 

Fontes próximas a Chin nos disseram que, no começo deste ano, ele foi processado por fotógrafos das imagens de divulgação que ele usava como base para suas apostas de design. 

Fotos de divulgação podem ser usadas para fins editoriais sem custos. Quando há processos, eles normalmente são contra agências de publicidade ou gente que usa as imagens para vender algum produto, algo que Chin nunca fez, segundo as mesmas fontes. Inconformado com a cobrança dos fotógrafos, que o acusavam de usar as projeções em proveito próprio e para ganhar dinheiro, Chin procurou os fabricantes que lhe cederam as imagens. Nenhuma das empresas disse que ele havia feito nada de ilegal. Só disseram que não encorajavam as projeções e deram uma de Pilatos, mandando o designer se virar com os fotógrafos.

Sem ter certeza sobre o que seria correto fazer ou não, Chin preferiu tirar todos os seus trabalhos do ar. Simples e triste assim.

 

Alfa Romeo Stelvio cupê

 

Questionado sobre os motivos, o designer não negou as informações. Pelo contrário, reforçou a versão que as fontes próximas a ele nos passaram. "Tem muitas brechas e leis que tornam isso uma zona cinzenta. Espero que outros designers consigam continuar a fazer aquilo em que são bons e que amam fazer sem ofender ninguém nem desrespeitar as leis", disse-nos um designer verdadeiramente sentido.

 

VW Gol por Kleber Pinho da Silva

 

Que a moda não pegue. Se pegar, Kleber Pinho da Silva, que fez belas projeções de como ele imagina o futuro Gol, poderia ser processado. João Kleber Amaral, Du Oliveira, Renato Aspromonte e tantos outros seriam enquadrados. Senhores fotógrafos, não se ofendam. Senhoras fabricantes, não deixem os designers abandonados à própria sorte. Pelo bem de todo mundo que gosta de imaginar como seriam novos modelos de carro. Deixem Theophilus Chin criar suas projeções em paz.

Fotos: divulgação

Seja parte de algo grande