Cético, Helmut Marko acredita que será difícil se equiparar com a Mercedes, mas destaca grande melhora no desenvolvimento

Consultor da Red Bull na Fórmula 1, o austríaco Helmut Marko acredita que a Renault poderá dar bons passos no desenvolvimento de seu motor a partir do início da temporada europeia deste ano.

Falando para a Motorsport Magazin, Marko expressou a esperança de que os motores Renault estejam em pé de igualdade com os Ferrari a partir do GP da Espanha, onde uma atualização é prometida.

"Os sinais são encorajadores, o déficit foi gradualmente reduzido", disse ele.

"Devemos estar bem posicionados por lá (primeira corrida europeia, na Espanha). Nós devemos estar no nível da Ferrari, a menos que eles deem um grande salto novamente. No nível da Mercedes, acho difícil, mas a diferença não é mais tão clara que nós não tenhamos nem chance."

Marko enfatizou que isso ajudará a Red Bull com o acerto do carro.

"Poderemos correr com quase as mesmas configurações de asa da Mercedes, e não mais sempre três ou quatro graus abaixo para evitar perder muito tempo nas retas", comentou.

Nas últimas temporadas, porém, a Mercedes fez uso de cavalos de potência extras na classificação, e Marko estima que a fabricante alemã continuará a manter uma vantagem neste âmbito.

Perguntado se a Renault vai introduzir sua própria solução, ele respondeu: "Se haverá um modo de classificação eu não sei, mas se tivermos eu não acho que será algo tão grande quanto é na Mercedes."

A Red Bull ainda não anunciou a data de lançamento de seu novo carro, o RB13.

Seja parte de algo grande