Executivo já teve passagens pela Volkswagen e pela própria Audi por aqui, entre 1997 e 2001

Depois de mais de 3 anos sob o comando de Jörg Hofmann, a Audi de Brasil agora tem um novo presidente. Conforme anunciado pela assessoria da empresa, Hofmann já voltou para a Alemanha e o nome escolhido para assumir o posto foi o de Johannes Roscheck. A posse acontece no dia 1º de março.

Roscheck já tem bastante familiaridade com o mercado brasileiro, tendo trabalhado na Volkswagen e na própria Audi por aqui entre 1997 e 2001. Depois de uma temporada na Europa, voltou ao Brasil em 2013 e montou uma empresa de consultoria no segmento automotivo, com sede em Curitiba (PR), onde trabalhava até então.

Leia também:

Hofmann, por sua vez, assumirá na Alemanha a posição de vice-presidente de vendas "Overseas", que inclui países na África, Oriente Médio, Ásia e Pacífico. No Brasil, foi o grande responsável pela retomada da produção nacional da marca. A operação acontece hoje na fábrica da Volkswagen em São José dos Pinhais (PR) com os modelos A3 Sedan e Q3.

Sob sua liderança, as vendas da Audi cresceram significativamente, saltando de 5 mil unidades anuais em 2012 para 17,5 mil no ano de 2015. No entanto, o agravamento da crise revertou o quadro de bonança e provocou queda de 33% em 2016.

Fotos: divulgação

Seja parte de algo grande