Medida valerá por 10 dias e tem o objetivo de adequar a produção à real demanda do mercado

A partir do dia 1º de março, aproximadamente 600 funcionários da fábrica da Ford em Taubaté (SP) entrarão em regime de férias coletivas. De acordo com o sindicato que representa os metalúrgicos da unidade, a medida já foi comunicada aos trabalhadores e terá validade de 10 dias.

Leia também:

A fábrica emprega ao todo 1.500 pessoas e é responsável pela produção dos motores flex Sigma 1.5 (usado pela família Ka e pelas configurações de entrada do Fiesta) e 1.6 (presente no Fiesta, no Focus e no EcoSport). Em versões movidas apenas a gasolina, estes mesmos propulsores também equipam modelos exportados para México, Argentina e Venezuela.

 

Fábrica de Motores da Ford - Brasil

 

Todo o quadro de funcionários da planta, vale lembrar, está inserido no Programa de Proteção ao Emprego (PPE) até o dia 30 de junho. O programa implica na redução de jornada de trabalho de 20% e diminuição dos salários em 10%.

Fotos: divulgação 

Seja parte de algo grande

Ford Ka Hatch e Sedan - 2016