O C36 vem com "barbatana de tubarão" e pintura em azul e dourado

 

A Sauber, que terminou em 10º lugar no campeonato de construtores no ano passado, vai apresentar o seu carro na íntegra em 22 de fevereiro durante um dia de filmagem em Barcelona. O C36 ostenta uma "barbatana de tubarão" e uma nova pintura azul e dourada. Ele é o segundo carro a ser revelado já pronto para as novas regras da temporada 2017 de F1, seguindo as primeiras imagens da Williams 2017, a FW40, que surgiram na sexta-feira.

Leia também:

O C36 apresenta uma asa traseira remodelada, semelhante à do Williams FW40, e um novo desenho de nariz. Marcus Ericsson e Pascal Wehrlein serão os pilotos da equipe, mas o primeiro teste com o carro, em 27 de fevereiro, será feito por Antonio Giovinazzi, já que Wehrlein está machucado. Há apenas um punhado de patrocinadores, enquanto o carro ostenta um logotipo de aniversário em sua tampa do motor para marcar sua 25 ª temporada na F1.

 

Sauber C36

 

A Sauber correu com seu carro de 2015 na abertura dos testes de quatro dias no ano passado, já que seu carro de 2016 só chegou no segundo teste. Em junho do ano passado, ela recebeu um novo investidor para garantir o futuro da equipe, enquanto a decisão de aderir um motor da Ferrari de 2016 para 17 ajudou a garantir que seu novo carro não perderia os testes de pista pelo segundo ano consecutivo.

Falando no final da temporada passada, a chefe da equipe, Monica Kaltenborn, disse que o futuro parece "extremamente empolgante" e que confia que o novo investidor, a Longbow Finance, está comprometido com a equipe no longo prazo.

 

Sauber C36

 

O novo diretor técnico, Jorg Zander, disse que a equipe "colocou maior ênfase na estabilidade aerodinâmica em oposição à maximização da força aerodinâmica" com o C36.

Zander, que veio da Audi, disse que a decisão de usar um motor Ferrari do ano passado deu ao equipamento uma base sólida, pois é "um sistema testado e aprovado, com maior durabilidade, para começar".

"Ser capaz de começar cedo e definir o ambiente do motor foi uma vantagem, porque a equipe estava familiarizada com o motor e com a transmissão, bem como com as exigências de refrigeração do conjunto", ele acrescentou.

Fotos: divulgação

Seja parte de algo grande