Esportivo da sétima geração do hatchback receberá o mesmo motor 1.5 de 3 cilindros da família Dragon que chegará ao EcoSport reestilizado

A versão mais aguardada da sétima geração do Ford Fiesta já está entre nós. Ou melhor, entre os europeus, já que o Fiesta atual, da geração anterior, deve continuar à venda no Brasil por um bom tempo. O Fiesta ST surpreendeu por ter sob seu capô o motor 1.5 de 3 cilindros da família Dragon, mas turbinado, o que o torna um EcoBoost. Houve quem torcesse o nariz ao 3-cilindros, mas eles certamente se esqueceram do som que este tipo de motor produz. E também que o ST terá 200 cv...

Leia também:

Outra boa notícia é que o ST virá com a tradicional carroceria de 3 portas, que muita gente achava que seria extinta na nova geração do Fiesta. Não, senhores. Ela vive! A transmissão não foi mencionada no press release, mas é manual, provavelmente de 6 marchas, como o vídeo mostra. Mas só de relance.

 

 

O Fiesta ST não teve suas dimensões divulgadas. Nem o peso, mas imaginamos que ele seja mais leve que o de cinco portas. E que continue com 4,04 m de comprimento, 1,73 m de largura, 1,48 m de altura e 2,49 m de entre-eixos. Talvez seja um pouco mais baixo, por conta de uma suspensão trabalhada para encarar curvas como se fossem retas.

 

2018 Ford Fiesta ST

 

Este será o primeiro Fiesta com modos de condução selecionáveis. Há três opções: Normal, Sport e Track, para pistas. Eles interferem no mapeamento de motor, no controle de tração e de estabilidade, na direção elétrica e até no som do escapamento. Isso porque o ST conta com o sistema ESE (Electronic Sound Enhancement), que modifica eletronicamente o ruído do motor por meio de uma válvula. Achou que era um daqueles sistemas que fingem que o carro tem barulho legal de motor? Ainda bem que não.

 

2018 Ford Fiesta ST

 

Um dos elementos mais interessantes do novo motor 1.5 EcoBoost é que ele tem desligamento de um de seus cilindros. Provavelmente todos eles alternadamente, por uma questão de vibrações, mas a Ford não esclarece exatamente como ele funciona. Só que o desligamento e o religamento ocorrem em 14 milissegundos, ou 20 vezes mais rápido que um piscar de olhos. 

 

2018 Ford Fiesta ST

 

Por dentro, o painel vem uma tela central flutuante de 8" com o sistema SYNC3. O carro também pode ser equipado com um sistema de som de alta fidelidade da Bang & Olufsen. Mas o legal, mesmo, deve ser ouvir o ruído do escapamento deste hot hatch apoiado em seus bancos Recaro. Sem interferências.

Fotos: divulgação

 

Seja parte de algo grande