O duelo dos sedãs compactos da GM

Depois da "briga" entre as picapes da Fiat, o "Briga em casa" desta semana coloca frente a frente os sedãs compactos da GM. De um lado, a versão de topo do sedã mais vendido da marca, o Prisma LTZ automático, e de outro, o espaçoso Cobalt LTZ, também equipado com transmissão automática. Ambos feitos sobre a plataforma GSV, eles possuem mais semelhanças do que diferenças. Confira os prós e contras que podem pesar na hora da compra:  

 

Chevrolet Prisma

Compre um Prisma se...

      • procura visual mais moderno: o Prisma chegou ao mercado com a missão de substituir o Corsa Sedan e agradou pelo visual dinâmico, agradável e até incomum nesse segmento. Ficou ainda melhor com a reestilização aplicada no ano passado;
      • procura menor consumo: após as mudanças da linha 2017, como motor atualizado, adoção de direção elétrica e pneus verdes, o sedã compacto ficou mais econômico. Não chega a ser uma diferença surpreendente para o Cobalt, mas gasta menos; 

 

Novo Prisma 2017

 

      • procura mais praticidade: são 20 a menos no comprimento, que podem a fazer a diferença em vagas mais apertadas;
      • procura um carro mais barato de manter: com preço do pacote de revisões praticamente igual, a vantagem para o Prisma se dá no preço do seguro, sem contar a menor desvalorização em relação ao irmão. 

 

Novo Prisma 2017

 

Leia também:

 

Chevrolet Cobalt

Compre um Cobalt se...

      • procura mais espaço interno: não que o Prisma seja ruim, muito pelo contrário, mas o irmão maior tem 10 cm a mais de entre-eixos, que garantem espaço de sobra no banco traseiro, sem contar o espaço para a cabeça, sendo um dos principais destaques do carro. Além disso, o porta-malas do Cobalt tem 563 litros, contra 500 do Prisma;

 

Chevrolet Cobalt

 

      • procura acabamento mais bem cuidado: principalmente após a reestilização, o Cobalt ficou com um interior mais caprichado, sendo superior ao Prisma nesse quesito; 
      • procura mais desempenho: embora a potência máxima do seu motor 1.8 esteja pouco acima do 1.4 do Prisma (111 cv x 106 cv), o maior torque faz toda a diferença no dia a dia, principalmente após a atualização do motor na linha 2017. O Cobalt mostra mais disposição nas saídas e ladeiras, sem contar a dinâmica melhor de condução.

 

Chevrolet Cobalt

 

Leia também:

Conclusão:

Como foi dito no início, ambos os modelos tem mais semelhanças do que diferenças. Em termos de concepção, os dois agradam pela plataforma moderna, bom casamento do câmbio com os motores, acabamento honesto e conforto ao rodar. Quem valoriza o espaço praticamente de carro médio, melhor desempenho e interior mais bem acabado tende ao Cobalt. Se o design fala mais alto (em que pese a reestilização do Cobalt, que o deixou bem melhor), assim como o custo mais baixo pra manter o carro (consumo, seguro e menor desvalorização), o Prisma pode ser a escolha.

Fichas técnicas:

  Chevrolet Prisma LTZ Chevrolet Cobalt LTZ
MOTOR Dianteiro transversal, flex, 4 cilindros em linha, 8 válvulas,  Dianteiro transversal, flex, 4 cilindros em linha, 8 válvulas,
POTÊNCIA/TORQUE 98/106 cv a 6.000 rpm/ 13,0/13,9 kgfm a 4.800 rpm  106/111 cv a 5200 rpm/ 16,8/17,7 kgfm a 2600/2800 rpm 
TRANSMISSÃO Automática de 6 velocidades Automática de 6 velocidades
DIREÇÃO elétrica elétrica
SUSPENSÃO Dianteira independente tipo "McPherson"; traseira Semi independente, com eixo torsão, barra estabilizadora Dianteira independente tipo "McPherson"; traseira Semi independente, com eixo torsão, barra estabilizadora
RODAS E PNEUS  185/65 R15  195/65 R15
PESO  1.085 kg  1.129 kg
PORTA-MALAS 500 litros  563 litros
TANQUE 54 litros 54 litros
DIMENSÕES Comprimento 4.282 mm, largura 1.705 mm, largura (total) 1.964 mm, altura 1.478 mm, entre eixos 2.528 mm

Comprimento 4.481 mm, largura 1.735 mm, largura (total) 2.005 mm, altura 1.509 mm, entre eixos 2,620 mm

PREÇO R$ 65.990 R$ 67.790

Desempenho - dados de fábrica

Aceleração Chevrolet Prisma LTZ Chevrolet Cobalt LTZ
0 a 60 km/h  -  -
0 a 80 km/h  -  -
0 a 100 km/h  11,9 s  10,5 s
 Retomada    
40 a 100 km/h (D)  -  -
80 a 120 km/h (D)  -  -
Frenagem    
100 km/h a 0  -  -
80 km/h a 0  -  -
60 km/h a 0  -  -
Consumo    
Ciclo cidade (etanol)  8,1 km/l  7,6 km/l
Ciclo estrada (etanol)  10,2 km/l  10,0 km/l

 Fotos: divulgação/arquivo Motor1.com

Seja parte de algo grande