Versão de produção chega em 2018 com pretensões grandiosas para a Jaguar

A era dos carros elétricos esquisitos está acabando. Um indicativo desta guinada é a Jaguar, que fará a estreia do I-Pace Concept na Europa. Tudo bem que ele ainda é um conceito, mas já carrega praticamente o visual final do que será o primeiro veículo totalmente elétrico da marca. Mostrado pela primeira vez em Los Angeles, o I-Pace Concept será exibido no Salão de Genebra com uma pintura bem diferente: uma chamativa cor vermelha.

Leia também:

A fabricante britânica promete que a versão de produção chegará ao mercado no início de 2018 e terá atributos de um carro inteligente, cinco lugares e desempenho esportivo. De acordo com os dados divulgados até agora, o I-Pace conseguirá acelerar de 0 a 96 km/h em cerca de 4 segundos. Mesmo sendo concebido com as formas de um crossover, seu coeficiente aerodinâmico de 0,29 é digno de um refinado sedã.

 

Jaguar I-Pace Concept vermelho

 

Combinar o modelo crossover com a tecnologia de propulsão totalmente elétrica é um projeto muito importante para a Jaguar - de fato, o designer-chefe da marca, Ian Callum, descreve o I-Pace como o modelo "mais importante" desde o icônico E-Type.

 

Jaguar I-Pace Concept

 

A verdade é que, mais do que um crossover, o Jaguar I-Pace ganhou uma plataforma feita sob medida e, em sua versão de produção, terá uma bateria de 90 kWh, similar à encontrada no Tesla X P90D. As baterias refrigeradas a líquido serão posicionadas no assoalho, o que resultará em um centro de gravidade baixo e autonomia máxima na casa dos 500 quilômetros com uma única carga pelo ciclo NEDC.

 

Jaguar I-Pace Concept vermelho

 

O I-Pace possui um conjunto com dois motores elétricos, um para cada eixo, que produzem potência combinada de 400 cv e torque de 71,3 kgfm. 

Jaguar I-Pace Concept
Jaguar I-Pace Concept
Jaguar I-Pace Concept

Falando de produção, o I-Pace não será fabricado no Reino Unido, pelo menos inicialmente. Em vez disso, o SUV elétrico sairá da Magna Steyr, o maior fornecedor do mundo, na Áustria. O CEO da Jaguar Land Rover, Ralf Speth, disse que até poderia produzi-lo no Reino Unido se o governo local investisse 450 milhões de libras esterlinas (cerca de US$ 561,7 milhões) para apoiar os empresas de automóveis a construir fábricas de elétricos no país.

Fotos: divulgação

Seja parte de algo grande