Sedã reestilizado estreia em duas versões, sempre com motor 1.8 movido somente a gasolina

Lançado no Brasil no final de 2015, o reestilizado Chevrolet Cobalt nacional acaba de ter lançamento anunciado em mais um país da América do Sul. Já vendido na Argentina e no Chile, por exemplo, o modelo estreia nesta semana no Peru, sendo oferecido nas versões LT e LTZ. O motor é sempre o conhecido 1.8 (movido apenas a gasolina), que pode vir ligado a um câmbio manual de 5 marchas ou ao automático de 6.

Leia também:

São de série itens como freios ABS com EBD, airbags frontais, direção assistida, ar-condicionado, vidros elétricos e sistema de entretenimento MyLink 2 com tela de 7 polegadas sensível ao toque e conectividade com Android Auto e Apple Car Play. O modelo LTZ acrescenta voltante revestido em couro, piloto automático, rodas de liga de aro 15", pacote cromado e câmera de ré, entre outros.

 

Chevrolet Cobalt
 

 

Sob o capô, o propulsor 1.8 rende 105 cv e 16,7 kgfm de torque máximo. Os preços começam em 53.686 soles (R$ 48.900, numa conversão direta) no modelo LT manual e chegam a 60.486 soles (R$ 57.400) no LTZ automático. No Brasil, o LTZ é a versão mais barata e começa em R$ 62.990. A de topo, chamada de Elite e oferecida só com câmbio automático, sai a R$ 69.990.

Brasil exportador

A chegada de modelos brasileiros ao mercado peruano tem se intensificado nos últimos meses graças ao fechamento de um acordo de livre comércio entre os dois países. Firmada em meados de 2016, a parceria prevê a comercialização de pelo menos 30 mil veículos nos próximos anos. Desde então, já foram lançados por lá os nacionais Toyota Etios Sedan, Volkswagen Up!, Volkswagen Voyage, Fiat Uno Way, Ford EcoSport e Chevrolet Spin.

Fotos: divulgação 

Seja parte de algo grande