Grande SP teve aumento de 25% nos roubos e furtos, aponta levantamento da Ituran

 O Fiat Palio foi o carro mais roubado na Grande São Paulo durante o ano de 2016. E os furtos/roubos de automóveis cresceram cerca de 25% na cidade no último ano. É o que aponta o levantamento realizado pela Ituran, empresa de monitoramento mais utilizada do país. Segundo o relatório, a Ituran atendeu 9.812 ocorrências na Grande São Paulo, que concentra a grande maioria da base de clientes.

Além do Palio em primeiro, a Fiat aparece na lista com o Uno em terceiro, o Siena em sétimo e a Strada em décimo. Já a Volkswagen tem o Gol em segundo, o Fox em quarto e o Voyage em sexto. A Chevrolet tem o Celta em oitavo e o Corsa em nono, enquanto a Ford aparece com o Fiesta na quinta colocação. Curiosamente, os três carros mais vendidos atualmente (Onix, HB20 e Ka) ainda não constam da lista - o que é explicado pelo fato de que os modelos mais roubados saíram das lojas entre 2010 e 2013, com 45,45% das ocorrências. Modelos mais novos, de 2014 a 2017, ficaram em segundo com 22,93% dos casos.

Briga em casa - VW up e Gol
Fiat Uno
Fox

Ainda de acordo com o levantamento, a zona leste da cidade ganha disparado no número de eventos, sendo responsável por 9 dos 10 bairros onde mais acontecem as ocorrências. Em primeiro lugar vem o bairro de Itaquera, enquanto o Ipiranga é o único local da zona sul a aparecer na lista.

Por fim, a Ituran destaca que quarta-feira é o dia com maior número de roubos/furtos, e que o período da noite é o mais perigoso, em especial das 21h às 23h, quando acontecem 20,02% dos casos. Carros de cor prata e preta são os mais levados pelos gatunos.  

Confira a lista dos 10 mais roubados/furtados:

1) Fiat Palio

2) VW Gol

3) Fiat Uno

4) VW Fox

5) Ford Fiesta

6) VW Voyage

7) Fiat Siena

8) Chevrolet Celta

9) Chevrolet Corsa

10) Fiat Strada 

 

Fonte: Ituran

 

Seja parte de algo grande