Novo furgão, em versão para passageiros e de carga, será fabricado na Argentina e chega ao Brasil ainda neste ano

O brasileiro lamenta a perda de opções no mercado, mas só compra alguns poucos modelos. Os demais amargam vendas pífias. Quando eles somem das revendas, parece que foi obra do Divino Espírito Santo ou de alguma praga bíblica que só se abate sobre nosso país. Pois é... Diante de um mercado deste naipe, é admirável que alguns fabricantes ainda insistam em modelos diferentes, como a Renault deverá fazer em breve com o novo Kangoo. Ou Dokker, que é o nome pelo qual este modelo é conhecido no exterior. É o que provam as fotos do leitor Bruno Tarasco, que o flagrou no dia 22 em São José dos Pinhais. Próximo da fábrica brasileira da marca, que não tem nada a ver com o pato.

Leia também:

O novo furgão será fabricado em Córdoba, na Argentina, sobre a mesma plataforma do Logan e do Sandero, chamada de M0. Ele é concorrente do Fiat Doblò e da Chevrolet Spin, em sua versão de passageiros, e do Fiat Fiorino, na de carga. Apenas esta última, flagrada pelo pessoal do site Curitiba Racing, havia sido vista no Brasil até agora, o que podia dar a impressão de que só ela seria vendida por aqui, mas Tarasco fotografou a versão de passageiros, com vidros laterais e traseiro. O que nos permite supor que ela, no mínimo, está em consideração.

 

Renault Dokker ou novo Renault Kangoo?

 

Na Argentina, onde sua fabricação exigiu investimento de US$ 100 milhões, ainda não se sabe se o furgão adotará o nome Kangoo, que é forte naquele mercado (tanto que o modelo antigo ainda é feito por lá, na mesma fábrica), ou se será chamado de Dokker, como ele é no mundo inteiro. Na Europa, ele adota o emblema da Dacia, como acontece com Logan, Sandero e Duster.

 

Renault Dokker ou novo Renault Kangoo?

 

O Dokker tem 4,36 m de comprimento, 1,75 m de largura, 1,85 m de altura (contando o rack) e um entre-eixos de 2,81 m, o que lhe confere um espaço interno de primeira, especialmente nos bancos traseiros. Sem prejuízo do enorme porta-malas, de 800 litros. Ele leva apenas 5 passageiros e, ainda que não seja dos mais largos, deve permitir o uso de 3 cadeirinhas de criança no banco traseiro, como o Isofix em todos os três lugares nos permite supor. Esse é um pedido de muitos compradores de carros de 7 lugares. Tomara que a Renault os conserve no modelo que deve ser vendido por aqui. A conferir.

 

Renault Dokker ou novo Renault Kangoo?

 

A motorização do Dokker/Kangoo deve ser a mesma oferecida no Brasil para Logan e Sandero, ou seja, o 1.6 SCe flex, que rende 118 cv (etanol) ou 115 cv (gasolina) a 5.500 rpm e tem torque de 16 kgfm a 4.000 rpm (etanol). O câmbio será manual de 5 marchas.

 

Renault Dokker ou novo Renault Kangoo?

 

Se chegar ao Brasil a bom preço, o Dokker pode ser uma ótima opção de carro familiar. Especialmente em um mercado dominado por crossovers e SUVs, já que ele também tem uma versão Stepway.

 

Renault Dokker ou novo Renault Kangoo?

 

Triste será se, mesmo vendido a preço acessível, o furgão amargar as mesmas vendas baixas que tiraram a versão de passageiros do Kangoo do mercado. E tantos outros veículos com bons predicados, mas que o brasileiro escolheu relegar ao ostracismo em prol dos modelos de sempre. Só não vale reclamar depois...

FLAGROU UM CARRO EM TESTES? PARTICIPE!

Agradecemos ao Bruno Tarasco por compartilhar as fotos com os demais leitores do Motor1.com. Se você também flagrar um carro diferente ou que ainda será lançando no Brasil, faça como ele: compartilhe as imagens conosco enviando-as para o nosso Facebook ou por meio do nosso formulário de contato. Lembre-se de nos autorizar a publicá-las, por favor.

Fotos: Bruno Tarasco e divulgação

Seja parte de algo grande