Todos as 106 unidades do hipercarro da McLaren custaram o mesmo que o Bugatti Chiron. E eles ainda nem foram fabricados...

Nenhum carro conseguiu, até hoje, se igualar ao McLaren F1. Nem o P1, nem o Veyron, nem mesmo o Bugatti Chiron. Falta a todos eles o impacto das linhas elegantes, a excelência técnica e os detalhes saborosos, como o cofre do motor revestido de ouro, os três porta-malas ou os três lugares. Com o banco do motorista no centro. A busca pelo posto de carro de produção mais extraordinário já fabricado continua. Que o diga o Aston Martin Valkyrie, projetado por Adrian Newey. E também o novo McLaren BP 23, que você vê acima em sua primeira imagem oficial. BP 23 não é seu nome definitivo, mas pouco importa: todos os 106 que serão fabricado já foram vendidos. E eles custarão no mínimo 2 milhões de libras esterlinas, ou 2,3 milhões de euros, 100 mil euros a menos do que o Bugatti Chiron.

Leia também:

A McLaren diz que seu futuro hipercarro será o modelo mais aerodinâmico e mais potente que ela já criou. Não fazemos ideia de qual será a potência, mas pode esperar por mais do que os 917 cv do P1. Assim como o F1, o BP 23 terá posição central de direção, com dois bancos em cada uma de suas laterais. Faltará ao carro um projetista como Gordon Murray, mas isso não o tornou menos desejável, como suas vendas mostram sem sombra de dúvida.

Vamos acompanhar de perto as notícias sobre este novo hipercarro. Se ele for tudo o que a marca promete que será, será, no mínimo, digno de admiração. Talvez não tanta quanto o F1 mereceu, mas pode merecer que também tiremos nosso chapéu para ele.

Foto: divulgação

 

Seja parte de algo grande