Marca não tem interesse de disputar o título de melhor tempo de Nurburgring com o Porsche Cayenne Turbo S

Apesar de toda a expectativa gerada em torno do lançamento do Urus, a Lamborghini admite que tê-lo como SUV mais rápido do circuito de Nürburgring não é prioridade. Chefão da marca na região Ásia-Pacífico, Andrea Baldi revelou que o utilitário realizará "uma gama mais ampla de tarefas" e que foi desenvolvido com base em um conceito diferente dos esportivos tradicionais da empresa.

Leia também:

Segundo o executivo, o Urus terá boa altura do solo como um tradicional SUV e tração 4x4 com vários modos de condução (incluindo areia, neve, lama e cascalho). Será ainda o primeiro carro da marca oferecido com motorização híbrida plug-in - sistema do qual fará parte o conhecido motor 4.0 V8. A produção será concentrada na fábrica de Sant'Ágata, ao ritmo de 3.500 unidades anuais.

2018 Lamborghini Urus spy photo
Lamborghini Urus by Peisert Design

Fora da corrida pelo título de SUV mais rápido do mundo, a Lamborghini abrirá mão de brigar principalmente com o Porsche Cayenne Turbo S, atual detentor da coroa e com tempo de pista de 7 minutos e 59,74 segundos. Dessa forma, a disputa será travada com o recém-chegado Alfa Romeo Stelvio, que promete fazer o mesmo percurso do Cayenne em menos tempo: apenas 7 minutos e 59 segundos. Aguardemos.

Fotos: CarPix

Seja parte de algo grande