Só 67 mil dos 500 mil já seriam elegíveis. Enquanto isso, estacionamento gigantes cuidam dos demais envolvidos

O prejuízo da Volkswagen com todo o processo do Dieselgate, inclusive com a recompra de modelos equipados com o software "burlador" nos Estados Unidos, pode começar a diminuir. Isso se os americanos se animarem a comprar os veículos reparados. A Volkswagen foi autorizada na quarta (30) pela EPA, a agência ambiental americana, a revender os modelos diesel que estiverem com as emissões regularizadas. Por ora, só os modelos 2015 teriam sido corrigidos. Parcela pequena dos 500 mil veículos envolvidos no Dieselgate, parados em grandes estacionamentos pelos EUA. O vídeo acima mostra apenas um dos pontos em que eles estão. Fica em Pontiac, Michigan.

Leia também:

O Dieselgate afetou todos os modelos equipados com o motor 2.0 TDI da família EA189. Eles começaram a ser vendidos nos EUA em 2008, como modelos 2009, até o escândalo vir à tona, em setembro de 2015. Os veículos de modelo 2015 somam 67.000 unidades de Jetta, Golf e Beetle, principalmente. São eles que devem voltar às ruas daquele país em breve. Provavelmente por serem os mais novos e terem valor de revenda mais alto. Se o valor do conserto for muito alto, os 2008 podem ser escrapeados, já que o custo de consertar e revender talvez não compense. Veja outro estacionamento dos modelos do Dieselgate. Desta vez, em Baltimore.

 

 

Após o reparo do sistema, os veículos serão colocados nas lojas novamente, em busca de novos donos que não liguem para o fato que seu carro esteve envolvido em uma das maiores polêmicas da história do automóvel. Ou para o que alegam os ingleses, que dizem que os carros corrigidos ficaram "indirigíveis"

A anedota desta história toda fica por conta do que aconteceu com o estacionamento do primeiro vídeo. Pertencente ao estádio Pontiac Silverdome, ele foi multado por violar as regras de utlilização da cidade. Além de corrigir os veículos, a Volkswagen precisa submetê-los a reza brava e banho de sal grosso (se a proteção contra corrosão estiver em dia). Haja zica!

(Colaborou Leo Fortunatti)

Foto: reprodução

Seja parte de algo grande