Vacilo do pessoal da VW rendeu as melhores imagens do crossover médio até agora

O crossover do Golf já tem data de estreia. Será no Salão de Frankfurt, em setembro, com fotos oficiais aparecendo poucas semanas antes. Mas quem precisa de fotos oficiais quando tem a ajuda da turma do CarPix? Eis aqui as primeiras imagens do VW T-ROC de produção, que mostram que o crossover médio conservou o que podia do conceito de 2014.

Leia também:

O T-ROC teve o nome confirmado pelo presidente do conselho de administração da Volkswagen, Herbert Diess, no Salão de Genebra, na mesma ocasião em que ele confirmou a vinda e o nome do sedã Virtus para o Brasil ainda em 2017.Talvez ele receba um nome diferente nos EUA, onde começará a ser vendido em 2019. Ao Brasil, ele só chega quando o Tiguan de primeira geração deixar de ser vendido, como seu substituto natural por estas bandas. O Tiguan de segunda geração é bem maior.

 

2014 VW T-Roc concept
2018 VW T-Roc spy photo

 

Falando em dimensões, o T-ROC conceitual tinha 4,18 m de comprimento, 1,83 m de largura, 1,50 m de altura e um entre-eixos de 2,60 m. O de produção terá cerca de 4,30 m de comprimento, para oferecer um porta-malas mais generoso. E as portas traseiras, que o conceito não exibia. Se você tinha esperanças de ver um crossover de 3 portas, abandone-as.

 

2014 VW T-Roc concept
2018 VW T-Roc spy photo

 

A larga coluna C ainda está no lugar, ainda que a VW tenha feito um disfarce para que ela parecesse ter uma janela (bem inverossímil). A lanterna traseira também está com um "envelope" vermelho, como um batom borrado, que tenta disfarçar suas formas finais, que devem ser bem parecidas com as do conceito. Assim como outros belos detalhes, como os para-lamas traseiros. Eles apresentam um vinco que lembra quadris largos.

 

2014 VW T-Roc concept
2018 VW T-Roc spy photo

 

Com fabricação já confirmada em Palmela, Portugal, o T-ROC será equipado com motores familiares para os brasileiros, como o 1.0 TSI que já está no up! e no Golf e o 2.0 TSI, para sua versão mais nervosa. A novidade fica por conta do motor 1.5 TSI de 150 cv, que entrou no lugar do 1.4 lá na Europa. Ele traz ciclo Miller/Atkinson e desligamento de cilindros, o que o torna muito mais econômico. As transmissões poderão ser manuais e DSG, de 6 ou 7 marchas.

Fotos: Carpix

Seja parte de algo grande

Flagra! - VW T-Roc 2018 aparece quase sem disfarces