Versões exclusivas, como a XEi manual e a continuação da antiga SEG, são enviadas ao Paraguai, Uruguai e Argentina

Depois de ser lançado no Brasil, o Toyota Corolla reestilizado começa a ser exportado para os países vizinhos que já recebiam o modelo anterior. Argentina, Paraguai e Uruguai são abastecidos pela fábrica de Indaiatuba (SP) com versões e conjuntos mecânicos exclusivos para seus mercados e públicos. 

Leia também:

A Argentina, com representação oficial da Toyota, recebe o Corolla sempre equipado com o motor 1.8 (exclusiva para a versão GLi no Brasil) a gasolina com 140 cv. No lugar da GLi, nossa de entrada, eles possuem a XLi, com câmbio manual ou CVT, a XEi possui opção com transmissão manual e a Altis é substituída pela antiga nomenclatura SEG, que também tem opção de câmbio manual. Não há XRS. Os preços são:

  • Corolla XLi manual 2018 (358.900 pesos);
  • Corolla XLi CVT 2018 (374.200 pesos);
  • Corolla XEi manual 2018 (404.900 pesos);
  • Corolla XEi manual com couro 2018 (420.200 pesos);
  • Corolla XEi CVT 2018 (434.600 pesos);
  • Corolla XEi CVT com couro 2018 (453.700 pesos);
  • Corolla SEG manual 2018 (474.500 pesos);
  • Corolla SEG CVT 2018 (493.600 pesos).

 

Comparativo Corolla x Civic

 

Uruguai e Paraguai são os dois únicos países em que a Toyota é representada por empresas independentes. Para o primeiro, a linha é mais enxuta e a garantia é dada pela própria Toyota do Brasil pelo período de 3 anos ou 100.000 km e sempre com o motor 1.8 a gasolina de 140 cv.

  • Corolla XEi manual 2018 (US$ 30.990);
  • Corolla XEi Plus CVT (US$ 33.990);
  • Corolla SEG CVT (US$ 37.990).

No Paraguai, são vendidas as versões GLi, com motor 1.8 flex e câmbio manual, e a Altis, já com o motor 2.0 flex de 151 cv e câmbio CVT. Não há preços divulgados. 

Fotos: Motor1

Seja parte de algo grande

Novo Toyota Corolla 2018