Jaguar cresce mais de 80% no 1º trimestre. Confira também os resultados de Audi, Volvo, Land Rover, Jaguar, MINI e Porsche

Mercedes-Benz

A Mercedes fechou o mês de março com o seu novo recorde de vendas. Foram 228.296 carros comercializados globalmente, 14,8% acima do registrado no mesmo período de 2016. A marca de Stuttgart já havia liderado o mercado premium nos dois primeiros meses do ano.

No acumulado do 1º trimestre, a Mercedes atingiu a marca de 560.625 unidades, um avanço de 16% no período. Com 144.947 unidades, a China foi o mercado mais importante – por lá, a marca cresceu expressivos 37,3%. Nos EUA (79.141), a alta foi de 4,5%, menor do que os 8,9% registrados na Alemanha (70.594). Na Europa, foram 233.329 unidades (+10,8%).

Por modelos, o Classe E foi novamente o destaque: pela primeira vez na história a marca vendeu mais de 35 mil unidades em um único mês, quase 65% a mais do que em março do ano passado. Responsáveis por quase 1/3 das vendas no mês passado, os SUVS foram os preferidos por 70.631 consumidores (+12,8%).

 

BMW X1

 

BMW

Assim como a arquirrival, a BMW também superou a barreira das 200 mil unidades vendidas em março. Os 212.093 veículos representaram uma alta de 5,3% sobre o ano anterior. O acumulado, de 503.445 unidades, é 5,2% superior ao dos três primeiros meses de 2016.

A nova geração do Série 5, que completou o primeiro mês cheio na maioria dos mercados, emplacou cerca de 35 mil unidades. Top da marca, o Série 7 (7.134) avançou quase 75%. Em alta de 21%, o X1 foi o preferido por 26.759 consumidores.

A linha de veículos elétricos da BMW também se destacou, com aproximadamente 20 mil unidades vendidas, o dobro do registrado há um ano.

 

Audi Q2 Edition #1

 

Audi

Ao contrário das principais rivais alemãs, o momento da Audi não é dos melhores. Com 173.450 unidades comercializadas no mês passado, a marca de Ingolstadt viu as vendas despencarem 6,8%. Nos três primeiros meses, foram 422.600 unidades – 7,3% a menos do que em 2016.

Maior mercado para a Audi, a China (108.707) teve uma queda de 22,1% entre janeiro e março. Nos EUA, por sua vez, a marca avançou 8,8%, com 45.647 unidades. O crescimento mais representativo, no entanto, veio da Itália (17.190), onde a marca vendeu 16,3% a mais.

O novato Q2 foi o SUV mais vendido da montadora na Europa. O A4, com aproximadamente 41.500 unidades no Velho Continente, registrou um aumento de 14,2%.

 

2017 Volvo XC60: Review

 

Volvo

Em alta de 9,3% sobre 2016, a Volvo encerrou o mês de março com 57.158 veículos vendidos. Já no acumulado dos três meses iniciais de 2017, a sueca emplacou 129.148 unidades e aumentou em 7,1% os números do mesmo período do ano passado.

Mesmo nos últimos momentos da atual geração – o novo modelo foi apresentado em Genebra e começa a ser produzido neste mês -, o XC60 encerrou o primeiro trimestre em alta de 19,9%, com 41.143 unidades, e se manteve como o carro-chefe da marca.

A China, com 23.335 unidades (+18,8%), foi o mercado mais importante para a Volvo, seguido pela Suécia (17.716), onde a marca cresceu 10,4%. Já nos EUA (13.476) houve uma retração de 17,6%.

 

Discovery Sport

 

Land Rover

Após um fraco fevereiro, a Land Rover reagiu em março e encerrou o mês com 63.018 veículos comercializados, 5% acima do registrado em 2016. No 1º trimestre, com 125.537 unidades, a marca inglesa recuou 2,7% em relação ao mesmo período do ano passado."

As vendas fortes do Discovery Sport, do Evoque e do Range Rover Sport compensaram as quedas do Defender e do Discovery – que, agora em nova geração, deve melhorar o desempenho da Land Rover nos próximos meses.

 

Jaguar F-Pace

 

Jaguar

A montadora britânica foi novamente destaque entre as marcas premium. Em alta de 83% sobre março do ano passado, a Jaguar foi a preferida por 27.820 consumidores. O acumulado do 1º trimestre chegou a 53.972 unidades, 81% acima de 2016.

O sucesso do SUV F-Pace – eleito o Carro Mundial do Ano 2017 – e as vendas sólidas dos sedãs XE e XF foram os principais impulsionadores do avanço da marca no período.

 

Mini John Cooper Works Clubman

 

Mini

As vendas da marca inglesa fecharam o mês passado em alta de 8,7%, com 42.447 veículos. Entre janeiro e março, foram 83.059 unidades, 6,1% acima do registrado no 1º trimestre de 2016.

O Clubman, com alta de 21%, foi o destaque neste início de ano. A chegada do novo Countryman deve manter a trajetória de alta da marca pertencente ao Grupo BMW.

 

Comparativo Jaguar F-Pace x Porsche Macan

 

Porsche

Líder global entre modelos esportivos, a Porsche registrou alta de 7% no 1º trimestre do ano, com 59.689 veículos comercializados. O maior crescimento veio da Alemanha (+19%), onde foram registradas 7.160 unidades. Na China, mercado mais importante, foram 18.126 unidades, 10% a mais do que há um ano.

Com 24.797 unidades do total, ou quase 42%, o SUV Macan foi o best-seller da marca e ampliou em 15% as vendas de 2016. Já o novo Panamera, com 3.630 unidades, avançou 20%.

Observação: Os dados da Lexus referentes a março ainda estão indisponíveis.

Fontes: Daimler AG /  BMW Group / Jaguar Land Rover / Volkswagen AG / Volvo Cars / Porsche

Seja parte de algo grande