Segunda geração do crossover, desenvolvida sob o código CY02C, começa a ser produzida em setembro deste ano

Chongqing, China - A reestilização do Lifan X60 demorou demais para chegar ao Brasil. Virá só em meados deste ano, equipada com a opção de CVT. E a segunda geração do crossover começa a ser produzida na China em setembro. A previsão é que ela chegue ao Brasil em junho do ano que vem. Algo que poderia prejudicar bastante quem comprar o modelo atual, mas que deverá passar em brancas nuvens. Tudo graças a uma estratégia comum entre fabricantes instaladas no Brasil: o convívio entre gerações. "Nós deveremos vender a nova geração como uma intermediária entre o X60 reestilizado e o X80, que chega por volta de março de 2018", diz Luiz Zanini, diretor de marketing da Lifan Motors.

Leia também:

Desenvolvida sob o código CY02C, a nova geração do X60 terá 4,33 m de comprimento, 1,79 m de largura e 1,69 m de altura, com entre-eixos de 2,60 m. São exatamente as mesmas medidas do X60 atual, o que mostra que ele usará a mesma plataforma, ainda que seja bastante diferente. É o que mostra a imagem principal, cortesia de Flávio R. Silveira, da Motorshow, e a que está logo abaixo, feita no ano passado pelo diretor do Motor1.com, Fábio Trindade, também em Chongqing, na sede da Lifan.

 

Lifan X60 II

 

A segunda geração do X60 poderá ter motores 1.8, como o da atual, ou 2.0, que deverá ser a opção para vendas no Brasil. A mera mudança de aparência não será suficiente para convencer os clientes a pagarem a mais pelo crossover compacto, ainda mais com dimensões idênticas. A Lifan também deverá chamá-lo por outro nome. X70, talvez?

 

Lifan X60 II

 

Isso não encerra o ciclo de mudanças para o modelo, que foi o chinês mais vendido no Brasil em 2016. Sua terceira geração já está em desenvolvimento. Construída sobre uma nova plataforma comum, chamada de AS161, que estreia em 2019, ela deve chegar no máximo em 2020. Terá 4,50 m de comprimento, 1,85 m de largura, 1,70 m de altura e um entre-eixos entre 2,65 m e 2,70 m. Esta, sim, poderá ser chamada de uma legítima nova geração do X60. Só resta saber se ela será chamada de X60 no Brasil, como deverá ser no exterior.

Gustavo Henrique Ruffo viajou à China a convite da Lifan Motors

Fotos: Flávio R. Silveira (Motorshow), Fábio Trindade e Gustavo Henrique Ruffo

Seja parte de algo grande