Finlandês supera Vettel e Raikkonen na largada e resiste pressão na Rússia para conquistar primeiro triunfo da carreira

Duas semanas após conquistar a primeira pole position na carreira, Valtteri Bottas conquistou neste domingo (30) seu primeiro triunfo na Fórmula 1. O palco foi o circuito de Sochi, na Rússia.

Leia também:

Depois de ficar a 0s095 da pole position, Valtteri se aproveitou de uma ótima largada para pular na frente das Ferrari de Sebastian Vettel e de Kimi Raikkonen e não perdeu a vantagem em nenhuma das 52 voltas da prova. Estreante da F1 em 2013, Bottas se tornou o 107ª piloto e o quinto finlandês a triunfar na F1.

Vettel ainda tentou incomodar Bottas no final da corrida, mas o finlandês resistiu bem.

Líder do campeonato, o tetracampeão aumentou sua vantagem de sete para 13 pontos para Lewis Hamilton no mundial de pilotos depois de ser o segundo colocado e ver o rival inglês apenas em quarto. Hamilton reclamou durante toda a prova de problemas de temperatura em sua Mercedes e não fez boa prova.

Em terceiro, Kimi Raikkonen foi para seu primeiro pódio desde o GP da Áustria do ano passado.

Felipe Massa vinha fazendo boa corrida e chegaria em sexto se não tivesse de fazer mais um pit stop no fim da corrida, por um furo de pneu. O piloto foi o único na zona de pontos que fez duas paradas e acabou recuando para o nono lugar.

O espanhol Fernando Alonso acabou não largando após enfrentar problemas mecânicos com sua McLaren na volta de apresentação. A prova teve uma intervenção do Safety Car após um acidente entre Jolyon Palmer e Romain Grosjean na primeira volta.

A corrida

Antes mesmo da largada, Fernando Alonso parou sua McLaren após reclamar de problemas mecânicos ainda no grid. Estacionando seu MCL32 na entrada do box, o piloto provocou outra volta de apresentação e reduziu a corrida em uma volta.

Na largada, Bottas passou as duas Ferraris e foi para primeiro. Vettel caiu para segundo, com Raikkonen em terceiro. Hamilton se manteve em quarto, enquanto Verstappen subiu para quinto com Massa em sexto.

Logo em seguida, Grosjean e Palmer se tocaram, o que trouxe o Safety Car à pista. Ambos abandonaram.

No retorno, Daniel Ricciardo abandonou com problemas no freio traseiro direito.

Pouco houve na corrida até as primeiras paradas, ocorridas na volta 22. O primeiro dos ponteiros a entrar foi Felipe Massa. O líder Bottas entrou na volta 27, seguido três voltas depois por Raikkonen e por Hamilton.

Vettel parou na volta 34 e a classificação foi reestabelecida.

O alemão diminuiu bastante a diferença para Valtteri Bottas e pressionou o finlandês pela ponta nas últimas voltas. O piloto da Mercedes, no entanto, resistiu bem.

A próxima etapa da F1 ocorre na Espanha, no dia 14 de maio.

 Grand Prix de Russie
 Pos. Piloto Equipe Dif. Pts.
01  V. Bottas Mercedes 52 voltas 25 
02  S. Vettel Ferrari +0.6  18 
03  K. Räikkönen Ferrari +11.0  15 
04  L. Hamilton Mercedes +36.3  12 
05   M. Verstappen Red Bull +60.4  10 
06  S. Pérez Force India +86.7 
07  E. Ocon Force India +95.0 
08  N. Hülkenberg Renault +96.1 
09  F. Massa Williams + 1 volta
10   C. Sainz Toro Rosso + 1 volta
11   L. Stroll Williams + 1 volta  
12  D. Kvyat Toro Rosso + 1 volta  
13   K. Magnussen Haas + 1 volta  
14   S. Vandoorne McLaren + 1 volta  
15   M. Ericsson Sauber + 1 volta  
16  P. Wehrlein Sauber + 2 voltas  
   D. Ricciardo Red Bull Abandonou  
   J. Palmer Renault Abandonou  
   R. Grosjean Haas Abandonou  
   F. Alonso McLaren Abandonou  

Fotos: Motorsport

Seja parte de algo grande