SUV acumula 20 mil unidades vendidas em menos de um ano de mercado

Se o Renault Captur ainda patina nas vendas no Brasil (emplacou menos da metade do Duster em abril, por exemplo), o SUV já pode ser considerado verdadeiro sucesso comercial na Rússia. Lançado localmente em abril, o modelo, chamado por lá de Kaptur (com "K" mesmo), comemora 1 ano de mercado como um dos principais produtos da marca em oferta no país. É produzido nos arredores de Moscou e acumula nesse período mais de 20 mil unidades emplacadas (ou mais de 1.600 unidades por mês).

Leia também:

A recepção do modelo pelos russos foi tão positiva que, mesmo com a queda de 10,8% nas vendas gerais em 2016, a Renault ampliou consideravelmente sua participação no mercado russo - saltou de 0,7% para 8,2%. Como no Brasil, a versão russa é montada sobre a plataforma do Duster (também vendido por lá) e, portanto, estruturalmente diferente da variante original francesa.

Renault Kaptur - Rússia
Renault Kaptur - Rússia

Sob o capô, marcam presença motores 1.6 de 114 cv e 2.0 de 143 cv, ambos movidos unicamente a gasolina. O câmbio pode ser manual de 5 marchas ou CVT, no primeiro caso, e manual de 6 marchas e automático de 4, no segundo. Muito semelhante ao modelo brasileiro. O que eles devem ter acertado por lá é o preço: entre 859 mil e 1,029 milhão de rublos (algo em torno de R$ 48 mil e R$ 56 mil, numa conversão direta). 

Fotos: divulgação

Seja parte de algo grande

Renault Kaptur - Rússia