Cerca de 3.200 unidades foram emplacadas em abril, o que representou 12% das vendas da marca no mês

A Volkswagen anuncia nesta semana a retomada das vendas de veículos diesel nos Estados Unidos após quase 2 anos de suspensão. A operação foi iniciada em abril e resultou na comercialização de 3.196 unidades em todo o país - cifra que respondeu por 12% dos emplacamentos totais da marca no mês. Antes da eclosão do Dieselgate, vale lembrar, os TDI respondiam por mais de 27% das vendas da empresa.

Leia também:

Os números também contribuíram para o fechamento do mês, com 27.557 unidades emplacadas, e fizeram a Volks avançar 1,6% na comparação com abril de 2016. É um resultado mais do que satisfatório, ainda mais levando em conta a queda de 4,7% do mercado norte-americano no geral e a má imagem ainda associada ao escândalo.

Volkswagen Dieselgate

Dieselgate

Descoberto no final de 2015, o caso de fraude rendeu à Volkswagen consequências incalculáveis em termos de imagem e dinheiro. Só nos EUA, por exemplo, a marca pagará mais de US$ 4,3 bilhões ao Departamento de Justiça, além de gastar mais de US$ 25 bilhões em multas, rescisões e recompra de pelo menos 500 mil veículos equipados com o software que mascarava os reais índices de poluição.

Fotos: divulgação 

Seja parte de algo grande