Medida faz parte de um esforço do governo para aliviar a pesada carga tributária do país

O governo da Argentina planeja colocar em curso um ambicioso plano de redução de impostos na área automotiva. Detalhes sobre o projeto ainda são limitados, mas a ideia geral é reduzir a carga tributária para todos os automóveis do país - e não apenas para híbridos e elétricos, como anunciado na semana passada.

Leia também:

Assim como o Brasil, a incidência de tributos sobre o preço final dos carros é altíssimo no mercado argentino. E é ainda mais alta por lá do que aqui. Estima-se que os impostos respondem por nada menos que 54,8% do valor de um automóvel 0 km vendido na Argentina. A efeito de comparação, essa porcentagem seria de 30% a 50% por aqui, 16,6% na França, 9,9% no Japão e de apenas 7,5% nos Estados Unidos.

A meta é reduzir essa incidência para menos de 50%, mas nada ainda foi confirmado oficialmente. As informações são do portal Ambito Financiero.

Foto: divulgação 

Seja parte de algo grande

Chevrolet Cruze 2017