Fontes confirmam valor de entrada, da versão intermediária e da topo de linha

Depois que a revista Quatro Rodas divulgou o que seria o preço de entrada do novo Renault Kwid, o site Autos Segredos conseguiu o preço da versão mais cara. Segundo as informações preliminares, o carro mais barato da Renault no Brasil custará R$ 29.990 em sua versão básica e R$ 34.990 na mais cara. Pois nossas fontes não apenas confirmam o que as demais publicações informaram, como também nos deram o valor da versão intermediária do novo modelo de entrada da Renault: será R$ 32.990.

Leia também:

Considerando que ele deve ser equipado apenas com o motor 1.0 SCe, de 82/79 cv e torque de 10,5/10,2 kgfm, a versão mais cara deverá ser a equipada com o câmbio Easy'R, automatizado de 5 marchas. Com essa transmissão, assim como acontece no Logan e no Sandero, o modelo virá com controle de tração e de estabilidade. Também deverá trazer ar-condicionado e uma central multimídia, itens que se encaixariam bem nos R$ 5.000 de diferença que separam os dois extremos. Para a intermediária, que nossas fontes não detalharam, imaginamos um nível de equipamentos parecido, mas sem o Easy'R e os sistemas ativos de segurança.

 

 

Primeiro compacto brasileiro a vir equipado de série em todas as versões com airbags laterais, além dos obrigatórios dianteiros, o Kwid quer afastar qualquer possibilidade de ser considerado inseguro como seu irmão indiano. Não nos surpreenderíamos se seu lançamento já viesse acompanhado pela avaliação do Latin NCAP. O Kwid terá 3,68 m de comprimento, 1,58 m de largura, 1,48 m de altura, com 18 cm de vão livre, 2,42 m de entre-eixos e um porta-malas de 300 litros. Ele é fabricado sobre a plataforma CMF-A.

Sua pré-venda deve começar em 15 de junho e os preços ainda poderão sofrer mudanças até o lançamento, segundo nossas fontes, mas a confirmação do que já foi dito é um excelente sinal.

Fonte: Autos Segredos

Fotos: divulgação e arquivo Motor1.com

Seja parte de algo grande