Jovens também compõem a maior parte do público do SUV italiano

Passados os primeiros meses de comercialização do Alfa Romeo Stelvio, detalhes interessantes já podem ser observados sobre o perfil dos clientes que levaram para casa o novo SUV. Aproximadamente metade deles, apontam os dados, são completamente novos - ou seja, nunca haviam comprado um veículo da casa italiana até então. Na prática, os números reforçam a estratégia do chefão Sergio Marchionne de fazer da Alfa uma marca global, capaz de emplacar pelo menos 400 mil unidades/ano.

Leia também:

Destes novos clientes, a esmagadora maioria migrou de tradicionais marcas de luxo alemãs, como Audi, BMW, Mercedes-Benz e Porsche. Isso, sem dúvidas representa um feito e tanto para os italianos, principalmente levando em conta se tratar de uma segmento até então nunca explorado por eles e relativamente tradicional para os concorrentes germânicos - leia-se BMW com o X3, Porsche com o Macan e Audi com o Q5, entre outros.

 

Alfa Romeo Stelvio

 

Os dados mostram também que boa parte desse público é composta por jovens - e clientes mais novos até mesmo que os compradores do Giulia, precursor desta fase rejuvenescida da Alfa. Outra parte considerável (aproximadamente 15%) é formada por mulheres - resultado de um esforço da Alfa para diversificar a cartela de compradores.

Fotos: divulgação 

Seja parte de algo grande