Propulsor 2.0 EA888, já usado no Audi A4, chega agora ao Tiguan e também a Passat e Beetle

A Volkswagen anunciou nesta semana a ampliação do uso de uma novidade mecânica que rende significativas melhorias nos índices de consumo de motores movidos a gasolina. Depois de colocar o motor 2.0 EA888 com "Ciclo B" de combustão no Audi A4, a marca o instalará também no SUV Tiguan e em versões de Passat e Beetle muito em breve. O Ciclo B, uma homenagem ao engenheiro Ralf Budack, que o criou, funciona como uma versão otimizada do conhecido ciclo Miller. Com isso, o 2.0 TSI terá duas versões: uma para alto desempenho, como a usada no Golf GTI, e a versão econômica, com o Ciclo B.

Leia também:

Neste tipo de ciclo, as válvulas de admissão do motor são fechadas muito mais cedo do que no sistema Miller, resultando em maior eficácia na queima de combustível, rapidez no fluxo de ar, com consequente otimização da mistura ar/combustível, e menos perdas por bombeamento. O processo de combustão modificado é ajudado por um sistema de temporização variável de válvulas no sistema de admissão, capaz de alternar a abertura da válvula entre os modos curto e longo de acordo com a força exigida do motor pelo motorista.

 

Volkswagen Tiguan Allspace

 

Como resultado, a Volks garante economia de 8% no consumo de combustível e aumento de 20% na entrega de torque máximo - a potência, porém, é ligeiramente afetada. No caso específico do 2.0 do Tiguan, a marca promete desempenho de 1.8 com economia de 1.4. Vale lembrar que o motor 1.5 TSI, que substituiu o 1.4 do Golf na Europa, já usa o Ciclo B para economizar combustível.

Colaborou Gustavo Henrique Ruffo

Fotos: divulgação 

Seja parte de algo grande