Com a justificativa de que o mercado de SUVs é enorme, o modelo atual será vendido como Tiguan Limited

Não será apenas o mercado brasileiro que terá duas gerações do Tiguan nas lojas. O todo-poderoso mercado norte-americano também venderá o modelo atual ao lado do novo. O motivo? Ter espaço para todo mundo. A receita será a mesma do Brasil. O novo modelo será construído no México e desembarcará nos Estados Unidos carregando o nome Tiguan, enquanto a versão atual, feita na Alemanha, seguirá à venda como Tiguan Limited.

Leia também:

Em entrevista ao site americano Automotive News, o gerente de produtos da Volkswagen, Jeff Ng, justificou a decisão dizendo que "o segmento é enorme". "Há uma ampla faixa de preços. Pensamos que, mesmo com este novo carro, ainda podemos oferecer o Tiguan atual como Tiguan Limited para clientes que procuram conteúdo diferente, tamanho diferente e preço diferente". Entenda "diferente", neste caso, como "menor".

Volkswagen Tiguan R-Line - Estados Unidos
Volkswagen Tiguan

Por aqui, o novo Tiguan chegará com a configuração de 7 lugares, também importado do México. Tudo indica que ganhará o sobrenome Allspace para diferenciá-lo da geração atual, que continuará vindo importada da Alemanha apenas com a opção de motor 1.4 TSI.

A manutenção do Tiguan atual no portfólio dos principais mercados é uma estratégia para não fechar a lacuna de um SUV menor na gama Volkswagen até as chegadas dos inéditos T-Cross e T-ROC. Assim que eles estiverem na área, o Tiguan Limited encerrará definitivamente sua trajetória.

Mais detalhes sobre o novo Tiguan Allspace para o mercado brasileiro devem surgir em breve, uma vez que o modelo está confirmado para o Salão de Buenos Aires, que começa na próxima sexta-feira (9).

Fonte: Automotive News

Seja parte de algo grande