Uma pequena asa traseira gera downforce para compensar comportamento com teto removível

A McLaren apresentou o seu primeiro Sport Series sem teto, com a introdução do 570S Spider na linha da marca britânica. O teto rígido retrátil dá ao dono a chance de aproveitar o esportivo durante o ano todo, faça chuva ou sol.

Leia também:

 

McLaren 570S Spider
McLaren 570S Spider

 

O teto retrátil em duas peças usa tecnologia originalmente vinda das versões Spider do 650S e do 675LT. A McLaren diz que o mecanismo adiciona 46 kg ao peso do 570S Coupe, e este é o único ganho de peso do conversível. A mais, não há qualquer perda de rigidez estrutural em comparação com o fechado, e o chassis do conversível não pediu qualquer outro componente extra. 

Quando for o momento de curtir o vento nos cabelos, o motorista pode recolher o teto em apenas 15 segundos em velocidades de até 40 km/h. O teto fecha na mesma velocidade. As peças se escondem em um compartimento que dá uma aparência elegante quando o teto está aberto. 

McLaren 570S Spider

 

Ainda é possível levantar ou abaixar eletricamente um defletor quando o teto está aberto. Quando levantada, a peça reduz a turbulência na cabine. Ao toque de um botão, ela se abaixa e aumenta o barulho no interior. Para quem quer mais barulho, um sistema de escapamento esportivo adiciona um controle para aumentar o som do motor no interior. 

 

McLaren 570S Spider
McLaren 570S Spider

 

O teto guardado muda a aerodinâmica do 570S. A McLaren compensou isso com um pequeno spoiler traseiro de 12,7 cm, maior que no 570S, que melhora o downforce. A peça é originalmente em cinza "Dark Palladium", mas a McLaren Special Operations oferece uma versão em fibra de carbono. 

O 570S Spider tem o mesmo desempenho do fechado. O motor 3.8 V8 biturbo tem 570 cv e 61,2 kgfm de torque. O câmbio de dupla embreagem e 7 marchas manda a potência para as rodas traseiras. O roadster acelera de 0 a 100 km/h em 3,2 segundos e atinge a máxima de 328 km/h. Com o teto aberto, chega aos 315 km/h. Nos Estados Unidos, a McLaren diz que o Spider faz 6,8 km/l na cidade, 9,8 km/l na estrada e 8,1 km/h no circuito combinado - os mesmos números do coupé. 

McLaren 570S Spider

 

A McLaren oferece o 570S Spider em um total de 20 cores, incluindo três novas: Curaçao Blue, Vega Blue e Sicilian Yellow. Os compradores podem optar por um kit opcional que pinta o teto, colunas A e a parte traseira em cinza Dark Palladium. Há 10 novas rodas, de aro 19" na dianteira e aro 20" na traseira. Uma nova opção de preto, a Liquid Black, pinta as pinças de freios. 

O 570S Spider fará sua estréia pública durante o Goodwood Festival, de 29 de junho a 2 de julho. As entregas aos compradores começam em setembro. Nos EUA, ele custará cerca de US$ 208.000. 

Fotos: McLaren

Seja parte de algo grande