Modelos completam a linha da clássicas da marca britânica no país

A Triumph lança nesta segunda-feira (19) duas novas integrantes da família Bonneville: Bobber e Street Scrambler. Ambas chegam para completar o time de clássicas da marca britânica, tendo a Scrambler sido desenvolvida a partir da Street Twin, enquanto a Bobber deriva da Bonneville T120. Os preços são de R$ 41.990 (Scrambler) e R$ 49.990 (Bobber).

 

Triumph Bobber e Scrambler 2017

A grande atração da Scrambler é seu estilo misto on-off-road, com destaque para a traseira elevada e a dianteira com roda aro 19" (traseira 17"). Em relação à Street twin, ela traz um chassi com acerto exclusivo, guidão mais amplo e pedaleiras avançadas, além de suspensões específicas. Os freios receberam nova pinça deslizante Nissan de dois pistões, de alto desempenho.

Outro diferencial da Scrambler fica por conta do escapamento duplo de aço inoxidável, colocado em posição elevada e calibrado para emitir um ronco exclusivo, mais nervoso que o da Street Twin. O motor é o mesmo da irmã: um bicilíndrico de 900 cc refrigerado a líquido, que entrega 55 cv de potência e o elevado torque de 8,16 kgfm logo a 2.850 rpm, ligado a um câmbio de 5 marchas.

Triumph Bobber e Scrambler 2017
Triumph Bobber e Scrambler 2017

Acelerador eletrônico ride-by-wire e controle de tração são itens de série. Como acessórios, a Triumph oferta uma gama de 150 itens para personalização da Scrambler, desde manopla aquecida até amortecedores Fox especiais para off-road. As cores disponíveis para a moto são Jet Black, Matt Khaki Green e Korosi Red/Frozen Silver. 

Por conta do estilo despojado, a Bobber exigiu um chassi totalmente novo. Ela é foi inspirada nas motos do pós-guerra, nos anos 1940, que tinham o mínimo necessário de componentes "supérfluos" para deixá-las o mais leve possível para as famosas corridas de rua da época. Assim, a nova Bobber nasce com um design minimalista, trazendo motor exposto, guidão largo, farol pequeno, assento individual com postura baixa (690 mm do banco ao solo) e roda traseira mais larga.

Triumph Bobber e Scrambler 2017

O motor é o mesmo bicilíndrico de 1.200 cc da Bonneville T120, porém, com acerto para entregar maior força em baixas e médias rotações - exatos 10% a mais de torque a 4.500 rpm. São 77 cv de potência e 10,8 kgfm de torque totais, trabalhados por um câmbio de de 6 marchas. Ainda com relação à Bonnie, a Bobber possui ronco especialmente desenvolvido para ser mais forte.

Leia também:

Equipada com acelerador eletrônico ride-by-wire e controle de tração, a Bobber vem ainda com dois modos de pilotagem (estrada e chuva). Já as rodas são aro 19" x 2,5" na dianteira e 16" x 3,5" na traseira, reforçando a ideia de "bitola larga" na parte posterior da moto.

Triumph Bobber e Scrambler 2017
Triumph Bobber e Scrambler 2017

Também com uma linha de mais de 150 acessórios de mecânica e estilo, a Bobber está disponível nas cores Jet Black, Morello-red e Ironstone.

Atualmente, as motos clássicas representam cerca de 25% das vendas da Triumph no Brasil. Com as novidades, "nossa intenção é chegar a 30% no final do próximo ano e atingir pelo menos 35% das nossas vendas até 2020", conta o Diretor geral Waldyr Ferreira. Somadas, Bobber e Scrambler deverão responder por em torno 380 emplacamentos/ano em 2018.     

Reportagem de Eduardo Silveira

Fotos: divulgação

 

Seja parte de algo grande