Unidade acaba de entrar na reta final das contratações para a nova operação

Anunciada pela Nissan há meses, a abertura de um novo turno de produção na fábrica de Resende, no Rio de Janeiro, não deve demorar para acontecer. Conforme anunciado pela marca nesta semana, o processo de contratação de 600 novos funcionários já está sendo finalizado e a nova operação deve ser iniciada o quanto antes. Os novos profissionais serão alocados na montagem do Kicks (produzido no Brasil desde abril), de modo a reforçar o volume e atender à demanda extra.

Leia também:

A abertura do segundo turno faz parte de um investimento total de R$ 750 milhões, direcionado à nacionalização do próprio SUV e à modernizações dentro da fábrica. O objetivo é atender não só o mercado brasileiro, mas abastecer também outros países da América Latina. Atualmente, os modelos March e Versa feitos em Resende são enviados para Argentina, Chile, Bolívia, Costa Rica, Panamá, Paraguai, Peru e Uruguai. A expectativa é aplicar a estratégia também ao Kicks.

 

Nissan Kiks Resende

 

Concluídas as novas contratações, o complexo fluminense terá ao todo 2.400 funcionários. A unidade foi inaugurada há três anos, com investimentos totais de R$ 2,6 bilhões, e produz, além dos modelos acima citados, os motores 1.0 12V de 3 cilindros e o 1.6 16V de 4 cilindros.

Fotos: Mario Villaescusa

Seja parte de algo grande

Nissan Kicks SL - Nacional