Cadillac registra maior crescimento. Confira os números!

Se as marcas premium também enfrentam tempos difíceis no Brasil depois de um bom tempo de relativa calmaria, o mesmo não se pode dizer de seu desempenho no mundo. Elas andam crescendo um bocado. E nenhuma mais do que a Mercedes-Benz. Confira o desempenho das marcas premium ate maio.

Leia também:

Mercedes-Benz

Cada vez mais líder entre as marcas premium, a Mercedes-Benz comercializou 193.741 veículos novos no mês passado, 13,5% acima do registrado há um ano. Graças a um crescimento de 14,3%, o acumulado de 2017 ultrapassou as 900 mil unidades (934.965) – comparando com os cinco primeiros meses de 2016, aproximadamente 100 mil unidades a mais saíram das concessionárias.

Maior mercado para a marca, a China respondeu por 50.015 unidades em maio, alta de 32,2% sobre 2016. Na Alemanha, foram 27.413 unidades (+17,4%). Já nos EUA, a marca registrou retração de 8,2%, com 26.893 unidades – ainda assim, manteve-se à frente das rivais.

 

Mercedes GLA200

 

Destaque do mês, o GLA atingiu a marca de 500 mil unidades vendidas desde o lançamento em 2014. Além disso, o Classe A superou a barreira das três milhões de unidades vendidas desde 1997. Já o Classe E (incluindo as versões sedã e station) viu as vendas crescerem 75,4%, com 30.866 unidades.

BMW

Com crescimento de 5,3% sobre 2016, a marca de Munique foi a preferida por 177.050 consumidores em maio. Nos cinco primeiros meses de 2017, a BMW registrou 845.147 unidades vendidas, 6% de avanço em relação ao ano passado.

 

BMW X1 nacional

 

O X1 foi o destaque entre os modelos: com 113.367 unidades entre janeiro e maio, o crossover aumentou as vendas em 47%, quase dez pontos percentuais a mais do que o Série 7 (26.292), top de linha da marca. A linha de modelos elétricos e híbridos, por sua vez, foi ainda melhor: com 33.221 unidades no período, avançou mais de 80%.

Audi

Em mais um mês de baixa, a Audi viu suas vendas menores do que no mesmo período de 2016. Em maio saíram das concessionárias da marca 159.600 unidades, 2,8% menos do que há um ano. No acumulado dos cinco primeiros meses (738.300), a retração foi maior: -5,9%.

Em seu maior mercado, a Audi caiu 4%. Apesar disso, as 48.012 unidades emplacadas na China representaram o melhor resultado em 2017. Foi na França (5.630), no entanto, onde a marca mais evoluiu (+7,6%).

 

Audi Q2

 

O Q2 foi o grande destaque entre os modelos, com 33.750 unidades vendidas entre janeiro e maio na Europa. Já nos EUA, o brilho coube ao Q7, top de linha entre os SUVs/crossovers da marca: foram 13.618 unidades no período, alta de 12,3% sobre 2016.

Volvo

A Volvo manteve seu bom momento comercial no mês passado. Com 47.247 unidades, a sueca registrou alta de 12,2% sobre 2016. Entre janeiro e maio, foram 223.290 unidades, ampliando em 8,9% o desempenho do mesmo período do ano passado.

A China manteve o posto de principal mercado para a Volvo, com 9.779 unidades. Por lá, a marca cresceu quase 40%. Na Suécia (7.032) e nos EUA (6.202), a alta foi de 7,4% e de 12%, respectivamente.

 

2017 Volvo XC60 First Drive

 

O XC60 liderou o ranking interno com 15.639 unidades, 30% a mais do que no ano passado – surpreendente, já que a nova geração só representou 48 unidades deste total.

Cadillac

Mais tradicional marca de luxo dos EUA, a Cadillac foi um dos destaques de maio. Com 29.738 unidades comercializadas no mês passado, registrou um crescimento de 33,8% sobre 2016. Este foi o 12º mês seguido de alta na casa dos dois dígitos. No acumulado de 2017, foram 136.525 unidades, avanço de 32%.

A China, com 14.154 unidades, foi o mercado mais representativo – por lá, as vendas aumentaram expressivos 65,2%. Já nos EUA, onde foram vendidas 13.211 unidades, o avanço foi bem menor (+9,2%). Juntos, os dois países representaram mais de 92% das vendas globais da marca.

 

2017 Cadillac XT5

 

Entre os modelos, destaque para o crossover XT5 e suas 11.735 unidades. O ATS (versões sedã e coupé), por sua vez, ampliou as vendas em mais de 45%.

Land Rover

A montadora britânica fechou mais um mês em baixa. Com 31.874 unidades, a Land Rover viu as vendas caírem 7,1% em relação a maio de 2016. A retração no acumulado de 2017 (185.486) é um pouco menor (-5,7%).

 

2017 Land Rover Discovery: First Drive

 

A queda, ampliada pela retração nas vendas do mercado inglês, só não foi maior por conta da nova geração do Discovery, já à venda no Reino Unido, na Europa e na China, e pelos ótimos resultados do Range Rover.

Mini

Após registrar queda nas vendas em abril, a inglesa encerrou o mês passado em alta de 4,2%, com 31.124 unidades comercializadas. O acumulado de 2017, de 141.767 unidades, foi 3,8% superior ao registrado no mesmo período de 2016.

 

Novo Mini Countryman

 

Mantendo o destaque dos meses anteriores, o Cabrio conquistou a preferência de 14.373 clientes desde janeiro e viu as vendas dispararem mais de 52%. O novo Countryman, lançado em março, emplacou 7.035 unidades somente no mês passado.

Jaguar

Impulsionada pela forte demanda pelo F-Pace e pelo crescimento da versão alongada do sedã XF no mercado chinês, a Jaguar fechou o mês de maio com 13.613 veículos comercializados, 28% acima do registrado há doze meses. No acumulado dos cinco primeiros meses de 2017, a evolução é a maior registrada dentre as marcas premium (+64,8%), com 79.895 unidades.

 

Jaguar F-Pace

 

Observação: Os dados da Lexus e da Porsche referentes a maio ainda estão indisponíveis.

Fontes: Daimler AG / BMW Group / Jaguar Land Rover / Volkswagen AG / Volvo Cars / Cadillac

Seja parte de algo grande