O apresentador e o CEO da Rimac conversaram sobre o que aconteceu

Há algumas semanas, Richard Hammond assustou o mundo em um acidente com o superesportivo elétrico Rimac Concept_One. Em uma entrevista de 26 minutos para a Drivetribe, o apresentador sentou com o CEO da Rimac, Mate Rimac, para uma conversa amigável sobre o que aconteceu no acidente, o supercarro elétrico, o "The Grand Tour" e muitos outros assuntos relacionados ao acidente. Para o crédito de Hammond, ele parecia bem humilde, assim como Rimac, que revelou que o carro não era da frota para a imprensa, mas de um comprador. Ouch.

Leia também:

Rimac estava, obviamente, acompanhado de um relações públicas na entrevista, mas considerando os acontecimentos, os dois estavam amigáveis, sem qualquer sinal de mágoa entre eles. Isso não significa que não houve pequenos atritos no final do vídeo, quando eles discutem especificamente como o acidente aconteceu. Hammond parece sugerir que o carro deveria ter feito a curva, ou ao menos, não ter saído de traseira. 

"A única coisa que eu digo é o dia anterior... pela minha vida, eu não poderia provocar a saída de traseira", ele disse. "Ele só sai de frente. Digo pois saí de frente perto do câmera. Por que ele fez isso?". Rimac respondeu que Hammond estava rápido demais, e o sistema de vetorização de torque do supercarro mudou a direção de forma certa. 

"Quando você entrou na curva à esquerda, estava rápido demais", disse Rimac. "E você virou o volante mais do que o carro pode, mais do que a física pode com os pneus e o peso. Então o sistema colocou o carro onde você queria que ele estivesse. Ele virou rápido demais, mas isso significou que você saiu da pista. Se não fosse isso, teria ido reto". 

 

 

Além destas observações, há alguns momentos da entrevista. 

Hammond sobre o acidente:

"Claro que teve um momento de desespero. Deus, irei morrer". 

Hammond sobre o Concept_One:

"Eu amei. É o primeiro supercarro elétrico que tem ambições em termos de autonomia, que é a primeira pergunta que as pessoas fazem, mas também performance". 

Hammond sobre como o acidente afetou a próxima temporada do The Grand Tour:

"Então, o que temos ainda que gravar, eu posso fazer. Podemos fazer. A resposta curta é que podemos fazer sem mudar qualquer coisa que planejamos, sem ajustar nada na temporada do programa". 

Rimac sobre o futuro da empresa:

"Para nós é realmente importante. Eu penso que o carro foi bem. Acreditamos que ele é seguro. Infelizmente, Richard teve que provar isso."

 Hammond sobre sair do mundo dos automóveis para algo mais seguro, como cozinhar:

"Eu me machucaria cozinhando". 

Como falamos antes, o trio estava na Suíça gravando uma parte de supercarros para a quarta temporada do The Grand Tour. Hammond dará uma perspectiva testando o passado, presente e futuro dos supercarros. O Rimac Concept_One é o futuro, enquanto o NSX híbrido é o presente. No passado, um Lamborghini Aventador S amarelíssimo. 

A Drivetribe tem um vídeo de 26 minutos se você quiser assistir a toda a conversa. 

Fonte (e vídeo): Drivetribe

Seja parte de algo grande