Modelo rival do Audi A3 Sedan foi surpreendido próximo da fábrica da BMW em Santa Catarina

Desde que a BMW mostrou o novo Série 1 Sedan na China, surgiu a expectativa de que o modelo fosse vendido também no Brasil. Afinal, ele é rival direto do Audi A3 Sedan, produzido no Paraná, e se tornaria o sedã de entrada da marca em nosso mercado, abaixo do Série 3. Pois agora o modelo acaba de ser flagrado em testes nas proximidades da fábrica da marca em Araguari (SC), como mostram as fotos do leitor Arthur Marchini.

Apesar do flagra do carro com os logotipos cobertos, fontes ligadas à BMW dizem que o Série 1 Sedan só veio ao Brasil para testes do sistema de GPS, e não há intenção de vender ou fabricar o modelo por aqui. Porém, onde há fumaça geralmente há fogo, e a verdade é que o novo sedã faria todo sentido em nosso mercado, especialmente depois que o Série 3 for renovado (já roda em testes na Europa há algum tempo).

BMW Série 1 Sedan
BMW Série 1 Sedan

Ele seria uma opção ao A3 Sedan e Civic Touring, e teria mais status que o Série 1 hatch (que agora só é importado na versão esportiva M140i) como carro de entrada da BMW. Além disso, sua produção em Santa Catarina não seria nada do outro mundo, pois a plataforma UKL usada por ele é a mesma do novo X1 já fabricado em Araquari.

 

BMW Série 1 Sedan

 

Projetado inicialmente para o mercado chinês, o Série 1 Sedan chegou antes mesmo do Série 1 hatch de nova geração, que em breve vai trocar a tração traseira pela base UKL de tração dianteira que serve ao sedã, ao X1 e ao Série 2 Tourer. Medindo 4,45 metros de comprimento, 1,80 m de largura e 1,45 m de altura, o novo sedã bávaro é oferecido nas versões 118i (1.5 turbo de 138 cv), 120i (2.0 turbo de 195 cv) e 125i (2.0 turbo de 234 cv), sempre com transmissão automática de 6 ou 8 marchas, dependendo da motorização.   

Por dentro, o Série 1 Sedan tem desenho muito semelhante ao do X1, com o qual também compartilha uma série de componentes. Entre os equipamentos destacam-se o seletor de modo de condução, central multimídia de 8", head-up-display, alerta de colisão frontal com frenagem automática, aviso de ponto cego e de saída de faixa.

No Brasil, o modelo poderia ser oferecido na versão 120i com o motor 2.0 turboflex de 192 cv que já equipa o X1 e o Série 3. Mas, por enquanto é só "um teste de GPS". Será mesmo que a BMW vai perder a oportunidade de participar do mercado de sedãs compactos premium? 

Fotos: Arthur Marchini (flagra) e divulgação

Seja parte de algo grande

BMW Serie 1 Sedan flagra BR

Foto de: Redação