Modelo três-volumes será produzido junto com o hatch na fábrica da Anchieta, em São Bernardo do Campo

A Volkswagen cansou de perder tempo no mercado brasileiro e agora corre atrás do prejuízo. Para tanto, a marca alemã promete uma verdadeira enxurrada de novos modelos, em diversos segmentos. E finalmente ela terá um sedã de porte compacto-médio no Brasil, para atuar entre o Voyage e o Jetta e disputar mercado com os atuais Chevrolet Cobalt, Nissan Versa e Toyota Etios Sedan, além do futuro Fiat Ago Sedan.

 

Volkswagen Virtus projeção

 

Este carro é o Virtus, versão três-volumes da nova geração do Polo, que o Motor1.com teve a primazia de flagrar em testes no Brasil quando o mercado (e a gente) ainda tratava o modelo como "novo Voyage". Pois bem, a VW agora acaba de confirmar a estreia do sedã no Brasil para o primeiro semestre de 2018, ou seja, no máximo uns 6 meses após a chegada do novo Polo, previsto para outubro/novembro deste ano.

Construído sobre a nova plataforma MQB-A0, o Virtus fará proveito do amplo espaço interno do novo Polo (garantido pelo entre-eixos de 2,56 metros) somado a um porta-malas na casa dos 500 litros - com a traseira elevada, espera-se por volta disso considerando que o hatch já tem bons 355 litros.

Leia também:

Como antecipam estas projeções do site Paultan, o Virtus terá a dianteira e lateral compartilhadas com o Polo, diferenciando-se somente na traseira, que deverá manter as linhas sóbrias típicas dos Volkswagen. Assim como o hatch, o sedã terá acabamento caprichado e promete equipamentos exclusivos para o segmento, como o painel de instrumentos totalmente digital, em tela TFT, e uma nova central multimídia de 8".

 

2017 VW Polo

 

Motores para o Brasil deverão ser 1.6 MSI e 1.0 TSI, com possível oferta do 1.4 TSI numa versão topo de linha. Câmbios previstos são manual de 6 marchas e automático Tiptronic também de 6 relações.   

Projeções: Paultan.org

   

Seja parte de algo grande