Entre as medidas, está o incentivo aos carros elétricos e menos poluentes

Enquanto no Brasil os carros híbridos e elétricos ainda são uma novidade e peças raras pelas ruas, a Europa quer dar mais um (largo) passo no caminho para diminuir ou acabar com os veículos a combustão. Desta vez, a França prometeu que irá acabar com as vendas de carros a gasolina ou diesel até 2040. 

Leia também:

O comunicado é de Nicolas Hulot, ministro da ecologia da França. Com isso, ele quer dar incentivos ao uso e compra de modelos elétricos pelos próximos anos em busca de uma diminuição dos níveis de emissão de poluentes do país. Esta é apenas uma das 23 medidas que Hulot colocará em prática nos próximos cinco anos de mandato de Emmanuel Macron, recém-eleito presidente. 

 

Citroën E-Mehari

 

Uma das medidas para "ajudar" na missão é o incentivo a carros elétricos ou até mesmo a mais modelos modernos e menos poluentes. Donos de veículos diesel anteriores a 1997 e a gasolina anteriores a 2001 terão vantagens econômicas para fazer a troca, mas ainda não se falou em valores ou quais como esses incentivos financeiros funcionariam. 

Paris já começou este processo. Uma lei proíbe a circulação de veículos com mais de 20 anos (separados por categorias) pelas ruas durante a semana e, até 2025, a meta é banir completamente os modelos diesel das ruas da cidade. 

Fotos: divulgação

Seja parte de algo grande

Citroën E-Mehari em Paris