Anteriormente, o chefão da empresa disse que precisariam atirar nele para a Ferrari vender um crossover

Boatos que circulam mais uma vez indicam a possibilidade da Ferrari estar adicionando um crossover em sua linha. A revista Car diz que o veículo está em desenvolvimento com o código F16X, e a marca do cavalo rampante quer lanças o CUV em 2021. 

De acordo com a matéria, o F16X pode dividir plataforma com o substituto da GTC4Lusso, que deve aparecer em 2020. O conjunto propulsor será um sistema de tração integral com motor V8 ajudado por um sistema híbrido. 

Leia também:

Indo mais a fundo, parece apenas uma versão alta da atual GTC4Lusso T, mas o F16X deve quebrar a tradição da Ferrari, sendo um modelo com cinco portas. De acordo com a Car, ele não terá a coluna B e usará portas suicidas. A Ferrari projeta preços na faixa dos 300.000 euros. 

O problema é que este boato é antigo, e os executivos da empresa sempre o negaram. Em 2016, o atual chefão, Sergio Marchionne, disse que "precisariam atirar em mim" quando perguntado sobre a possibilidade de um SUV da Ferrari. Em 2014, o ex-líder Luca di Montezemolo também disse que nunca existiria um modelo de quatro portas ou crossover da marca. 

Suspeitamos que a semântica tirará Marchionne das miras dos críticos. Similar ao que a BMW faz, se referindo aos crossovers como "Sport Activity Vehicles" ou a Rolls-Royce com o Cullinan, um veículo largo, a Ferrari pode criar algo para o F16X. Mas sabemos que ele é um CUV. 

De volta ao tempo do desenvolvimento da FF, a Ferrari chegou a brincar com a ideia de ter um veículo tipo crossover. Fotos revelaram estudos de design (abaixo) com uma altura maior e um teto mais alto, mas não foi aprovado. 

Here’s a Look at the Ferrari SUV That Almost Was
Here’s a Look at the Ferrari SUV That Almost Was

Fonte: Car

Seja parte de algo grande