Será a primeira picape média produzida por uma fabricante premium

A espera pelo lançamento oficial da inédita Classe X, a primeira picape média produzida pela Mercedes-Benz, não deve demorar mais do que alguns poucos dias para ser encerrada. Os testes de durabilidade com protótipos já foram praticamente finalizados, como mostra o vídeo acima, e a data programada para a apresentação também já foi definida - dia 18 de julho. A estreia para o público acontecerá meses depois, mais precisamente em setembro, no Salão de Frankfurt.

Leia também:

Apesar dos poucos detalhes divulgados até agora pela Mercedes, sabemos que a Classe X terá na dianteira faróis lembram o SUV GLS e, na traseira, lanternas verticais com assinatura de LEDs. Sob o capô, terá duas opções de motorização: o mesmo 2.3 turbodiesel de 190 cv da Frontier, com câmbio manual de 6 marchas ou automático de 7; e um 3.0 V6 turbodiesel com potência superior a 250 cv e câmbio automático de 9 marchas - este para as versões topo de linha. A capacidade de carga será de 1.100 kg, com até 3.500 kg rebocáveis.

 

Mercedes-Benz Classe X

 

A produção para a América do Sul, como já dissemos, será tocada com as da Frontier e da Alaskan na Argentina a partir do próximo ano, devendo chegar ao mercado brasileiro em 2019. Afinal de contas, as três derivam do mesmo produto. Serão feitas 70 mil unidades das três picapes no complexo industrial da Renault em Santa Isabel, província de Córdoba, fruto de um investimento de US$ 600 milhões. Na Europa, a montagem será concentrada na Espanha, com vendas previstas ainda para este ano.

Fotos: divulgação

Seja parte de algo grande