Até 2020, regra valerá para todos os veículos vendidos aqui

Itens de segurança primordiais quando o assunto é proteção infantil a bordo, os sistemas de fixação Isofix e Latch (padrão norte-americano) passarão a ser obrigatórios no Brasil dentro de pouco tempo. A determinação é da resolução 518 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), que estabeleceu o dia 29 de janeiro de 2018 como data limite para que os pontos de ancoragem passem a vir de série em automóveis, SUVs e picapes de cabine dupla. A medida começa a valer para projetos novos e, em 2020, se estende a todos os carros comercializados no país.

Leia também:

Fixação Isofix para cadeirinhas infantis

 

Considerado o sistema mais seguro para fixação de cadeirinhas e assentos infantis, o Isofix é diretamente conectado à estrutura do veículo por meio de dois ganchos, dispostos lado a lado na base de cada assento lateral do banco traseiro. Na Europa o recurso está presente na maioria dos veículos e na Argentina também já é obrigatório. Nos Estados Unidos, estudos promovidos pelo NHTSA (órgão que regula a segurança viária) mostram que o uso do dispositivo reduz em até 40% o risco de lesão grave em crianças.

A consultoria Jato Dynamics estima que pelo menos 50% dos veículos novos vendidos hoje no Brasil saem de fábrica com o recurso. 

Fotos: divulgação

Seja parte de algo grande