Essa é nossa seleção para um sábado de música boa ligada ao objetos de que mais gostamos. Qual é a sua?

Quem nos acompanha durante a semana normalmente dá uma aliviada no sabadão. Provavelmente porque vai ao mercado com a patroa (ou com o marido) ou simplesmente porque quer um dia de descanso da tela do computador. O caso é que sentimos a falta de vocês. E pensamos em algo que vocês talvez gostassem de ler (e de ouvir) em um sábado festivo. Não tem festa sem música. E nós costumamos escrever sempre ao som de algum som de qualidade, normalmente selecionada pelo Julio César, com contribuições eventuais de toda a equipe. Essa é a minha seleção particular. Com um elemento comum: sempre aparece um veículo que seja nestes clipes. As canções, logicamente, também valem muito a pena. Confira e, ao final da lista, nos comentários, diga-nos que clipes com automóveis você acrescentaria a esta lista. 3, 2...

Leia também:

Queens of the Stone Age - Go With The Flow

George Gainsbourg ficaria orgulhoso deste clipe e suas sugestões. Fora a música, que é sensacional, o que mais nos interessa são as duas picapes americanas dos anos 1950 em um desafio à moda "Conta Comigo". Se você não entendeu a referência, assista ao filme.

 

The Temper Trap - Science of Fear

Outra animação, com um carrão americano em meio a sugestões de coisas assustadoras. Como o título da música do The Temper Trap sugere: uma ciência do medo. De acidentes, de corvos e de mais uma porção de coisas. A crítica social da música é de tirar o chapéu, mas nem é preciso ir atrás da letra para curtir.

 

Bastille - Good Grief

Canção de amor, mas o Mercedão vermelho conversível rouba a cena deste clipe de absurdos, como a cabeça do vocalista sem corpo e cantando mostra bem. Talvez a música mais legal da Bastille. E não só por conta do conversível.

 

John Mellencamp - Wild Night

Uma bela motorista de táxi e um monte de passageiros inusitados são os ingredientes gráficos para uma noite selvagem, de acordo com a letra. Divertido ver como a moça lida com tudo de bom humor. E melhor ainda curtir o som.

 

Ya Mama - Fatboy Slim

Talvez um dos clipes mais divertidos de todos os tempos, "Ya Mama", do Fatboy Slim, também traz uma picape Nissan (desconhecemos o modelo) "esforevada" e desgovernada pelo som contagiante que coloca uma cidadezinha de cabeça para baixo.

 

Arctic Monkeys - Fluorescent Adolescent

A treta entre palhaços e mafiosos é feia. Ainda mais quando um dos mafiosos e um dos palhaços foram amigos de infância, provavelmente sem noção da disputa que já deveria existir entre as duas tribos. Viagem, mas o Morris Marina 1972 destruído por uma explosão é um dos personagens principais.

 

War - Low Rider

Nem seria preciso dizer que esse musicão se refere a carros. Mais do que isso, ao estilo de vida dos donos de carros "low rider", mas os modelos modificados dão seu show, mesmo com a baixa qualidade do vídeo. A canção é de primeira. 

 

Interpol - Evil

Outro clipe com temática de acidente. Nada a ver com a letra da música, que fala sobre escolhas e sobre a vida. Outro vídeo viajandão e intrigante, mas uma boa forma de lembrar de segurança no trânsito e, mais do que isso, de curtir boa música.

 

The Constellations - Felicia

Aqui, o ambiente é de anos 1970. Mais do que isso, de filme clássico do 007. Não sabemos qual é o modelo do conversível coadjuvante da história toda. Só que a nostalgia mostra que a música de antigamente era boa pacas. E que a atual anda deixando a desejar...

 

Matanza - Ela Roubou Meu Caminhão

Presença nacional entre os clipes sobre veículos, esse é pesado. Mais por conta do veículo que o estrela do que pela letra em si (Matanza tem coisa bem mais pesada). A música marcou época e o clipe é muito bacana para um sabadão como este.

 

Stereophonics - Dakota

O que é melhor do que um Ford Mustang conversível de primeira geração em um dia ensolarado com sua alma gêmea? Provavelmente um monte de coisas, sejamos francos, mas que um passeio despreocupado está entre as boas coisas da vida, não dá para negar. Se for acompanhado de boa música, melhor ainda.

 

Sublime - Wrong Way

Prova de que, mesmo quando você toma o caminho errado, como o personagem desta música, vale sempre olhar para o lado bom da vida, como dizia o Monty Python. Essa música do Sublime certamente está do lado bom, ainda que fale do mau.

Curtiu a seleção? Trocaria alguma das canções? Aproveite nossa caixa de comentários para dar seus pitacos e montar uma seleção que você curtiria para ouvir com os amigos neste e nos próximos sábados. Ou mesmo no trabalho, como nós fazemos. E tenha um bom final de semana!

Foto: reprodução

Seja parte de algo grande